segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Bruno diz que deixou governo em busca de união

Imagem: Edson Arruda / Blog do Valdo Cruz
O tucano Bruno Araújo disse, hoje, ter decidido pedir demissão do cargo de ministro das Cidades para buscar união no PSDB. Bruno Araújo entregou a carta de demissão nesta tarde ao presidente Michel Temer.
A decisão do tucano ajuda Temer a fazer a reforma ministerial para conter a rebelião da base aliada.
Inicialmente, a estratégia do Palácio do Planalto era acertar que todos os ministros tucanos pedissem demissão ao mesmo tempo, mas Bruno Araújo se antecipou para tentar evitar maiores desgastes políticos.
A saída do tucano também foi decidida porque a ala governista do PSDB estava ficando muito desgastada internamente e com a pecha de "fisiológica".

Nenhum comentário:

Postar um comentário