sexta-feira, 27 de outubro de 2017

Governador Paulo Câmara exonera aliado político de Edson Vieira


Os bastidores da cena politica santa-cruzense foram sacudidos na manhã desta quinta-feira com a informação de que o coordenador da 27ª CIRETRAN especial de Santa Cruz do Capibaribe, Nilton José da Silva, havia sido exonerado de suas funções. Nilton é funcionário de carreira do Detran há 10 anos e estava no cargo de coordenador desde o início de 2013.

A zoada - A notícia ganhou destaque nos programas de rádio da cidade, que também trouxeram a informação de que o irmão do vereador Junior Gomes, Diego Aragão, seria o substituto de Nilton. Diego trabalhou no Banco Bradesco por muitos anos e agora ocupará a mesma função que em outrora fora ocupada por Tallys Maia, filho do ex-prefeito Zé Augusto Maia.

Retaliação política – Para muitos a decisão de exonerar Nilton da coordenação da 27ª CIRETRAN nada mais é do que retaliação política, uma vez que o prefeito Edson Vieira (responsável pela indicação de Nilton para tal cargo) agora é tido como adversário político do Palácio do Campo das Princesas e uma ameaça ao seu projeto político no Polo de Confecções.

Novos tempos – A chegada de Diego a 27ª CIRETRAN também consolida o nome de Junior Gomes como importante interlocutor do governador Paulo Câmara na cidade de Santa Cruz do Capibaribe. Junior, que defende de forma efusiva o governador e o deputado Diogo Moraes, não esconde de ninguém seu afastamento (ou rompimento) político do prefeito Edson Vieira e vê agora, seu irmão substituir um aliado do prefeito a frente de um cargo estratégico na estrutura do governo estadual.

E agora deputado? – Em meio aos rumores de distanciamento político que esquentam os bastidores da política de Santa Cruz o deputado Diogo Moraes tem se mantido discreto e afirma que entre ele e o prefeito Edson Vieira está tudo bem. No entanto, a exoneração de Nilton coloca em xeque tais palavras, uma vez que, teoricamente, nenhuma admissão ou demissão de cargos estaduais na cidade ocorreriam sem o conhecimento de Diogo. 


Vale a pena lembrar que... – Não é a primeira vez que uma nomeação e/ou exoneração de um santa-cruzense causa alvoroço dentre os políticos locais. Há cerca de dois meses e meio o nome do ex-vice-prefeito Dimas Dantas apareceu na relação de funcionários do LAFEPE (Laboratório Farmacêutico de Pernambuco), sem que o prefeito Edson Vieira fosse sequer consultado.

Blog do Cesar Mello

Nenhum comentário:

Postar um comentário