quarta-feira, 10 de maio de 2017

Veja como fica Curitiba com o depoimento de Lula

Do G1

O dia hoje deve ser movimentado em Curitiba por causa do depoimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que é réu na Lava Jato e acusado de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. A audiência está marcada para as 14h, na sede da Justiça Federal, no bairro Ahú. É o primeiro depoimento de Lula na presença do juiz Sérgio Moro e na condição de réu.
Para garantir a segurança, haverá uma força-tarefa em pontos estratégicos da cidade, com participação das polícias Civil, Militar, Rodoviária e Federal.
Por determinação do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), o expediente da Justiça Federal será suspenso. Só poderão entrar no local pessoas que tenham ligação direta com o processo de Lula. Também haverá reforço de segurança dentro e fora do prédio da Justiça.
Bloqueios no trânsito
O entorno do edifício terá bloqueios num raio de 150 metros. Todas as pessoas que moram e trabalham em ruas próximas precisaram se cadastrar na Polícia Militar (PM). Entre as ruas que terão interdições está a Avenida Anita Garibaldi, entre as ruas São Sebastião e Eça de Queiroz. Veja o mapa abaixo com todas as interdições.
Linhas de ônibus
Dez linhas de ônibus da capital serão desviadas de dentro do perímetro das ruas Alberto Folloni, Francisco de Paula Guimarães, Emílio Cornelsen, São Luís, Coronel Amazonas Marcondes, Pedro Fabri, Vereador Garcia Rodrigues e Belém.
A Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec) também informou que três linhas de ônibus metropolitanas que passam na região da Justiça Federal terão o seu itinerário desviado nesta quarta-feira (10). São elas: Cachoeira/Cabral, Tamandaré/Cabral e o ligeirinho Tamandaré/Cabral.
Os coletivos vão desviar da Av. Anita Garibaldi e passarão pelas ruas José Pedroso, Vereador Garcia Rodrigues, Pedro Fabri e Amazonas Marcondes. O desvio será nos dois sentidos, durante todo o dia.
Locais de possíveis protestos
Grupos a favor e contra o ex-presidente Lula devem protestar no dia do depoimento. De acordo com a Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp), eles serão separados, para evitar confrontos diretos.
Quem quiser realizar manifestações a favor de Lula deverá ficar na Praça Santos Andrade. Já as pessoas contrárias devem permanecer na região do Centro Cívico.
Comércio
Como o acesso no entorno do prédio da Justiça ficará restrito, alguns comerciantes da região decidiram fechar os estabelecimentos nesta quarta-feira.
Proibições
A Justiça estadual concedeu uma liminar em favor da Prefeitura de Curitiba proibindo acampamentos em ruas e praças da cidade devido ao depoimento do ex-presidente Lula.
Conforme a decisão judicial, a proibição vale entre as 23h desta segunda (8) e as 23h de quarta-feira. No caso de montagem de estruturas e de acampamentos nas ruas e praças da capital paranaense, haverá multa diária de R$ 50 mil.
A passagem de pedestres e de veículos também foi delimitada na região da Justiça Federal, sob pena de multa diária de R$ 100 mil ou de R$ 50 mil, com exceção de quem estiver cadastrado pela PM.

Nenhum comentário:

Postar um comentário