sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Estupro presenciado por várias pessoas em Boa Viagem

Nutricionista de 29 anos esperava o ônibus quando abordada por um homem na moto. Ele foi preso em flagrante

Câmeras filmaram abordagem e polícia identificou suspeito pela placa do veículo / Foto: Reprodução
Câmeras filmaram abordagem e polícia identificou suspeito pela placa do veículo.
A Polícia Civil divulgou, nesta quinta, a prisão em flagrante de um homem suspeito de estupro e tentativa de roubo, em Boa Viagem, na Zona Sul do Recife. O caso se deu no último sábado, quando uma nutricionista de 29 anos esperava seu ônibus em uma parada da Rua João Cardoso Aires, naquele bairro, às 8h40 da manhã, e foi abordada por Rilbi Henrique da Silva Branco, 32 anos, que estava em uma moto e confessou os crimes, presenciados por várias pessoas.

Imagens da câmera de uma clínica veterinária mostram que ele passa de moto, olha para ela e retorna. Depois manda a mulher ir para mais perto do muro, tirar a roupa e praticar atos libidinosos, enquanto a ofende. Então ele manda ela se aproximar dele e se masturba. O horário já era de movimento na rua e muitas pessoas testemunharam o caso”, relata o delegado de Boa Viagem, Carlos Couto.

O caso foi investigado pelo delegado da Macaxeira, Erivaldo Guerra, com base na placa do veículo e imagens. “Passamos o dia inteiro para chegar até ele, porque o veículo estava em nome de uma moça que havia repassado para uma concessionária que havia vendido a outro rapaz. Quando o localizamos ele havia emprestado a um que emprestou ao suspeito. Então mandamos o amigo dele pedir a moto e fizemos o flagrante quando ele chegou. Não houve reação. Ele confessou tudo e também foi reconhecido pela vítima”, observa. Ele foi preso em Casa Amarela, Zona Norte do Recife.

Roubo

O homem ainda tentou roubar o celular dela, que se aproveitou de uma distração e jogou o aparelho no quintal da clínica. Nenhuma arma foi encontrada com ele nem vista nas imagens. Rilbi tem antecedentes criminais de roubo e violência doméstica e vai responder por tentativa de roubo e estupro, que têm penas de quatro a dez anos e seis a dez anos. (JcOnline)

Nenhum comentário:

Postar um comentário