domingo, 1 de maio de 2016

Eleitoras protestam em frente à casa de Marta Suplicy

Um grupo de eleitoras da senadora Marta Suplicy (PMDB/SP) realizou, na noite deste sábado, um protesto em frente à casa da ex-petista, no bairro dos Jardins, Zona Oeste da capital paulista. Durante a manifestação, que começou por volta das 21h, as mulheres - entre elas artistas - cantaram palavras de ordens e reclamaram do posicionamento político de Marta, que se desfiliou do PT no fim de abril de 2015.
"Marta, traidora! Somos todas feministas. Batemos em sua porta para lembrar sua história", gritaram as manifestantes. Além do protesto, o grupo acendeu velas e cantou a música "Maria, Maria", de Milton Nascimento, que narra a força das mulheres. Elas afirmaram que "jamais votariam no PMDB", em alusão ao vice-presidente Michel Temer, que pode assumir o lugar de Dilma Rousseff na Presidência.
Até as 22h30, a reportagem do iG não havia conseguido contato com a senadora.
Rusgas
No último dia 28, Marta Suplicy completou um ano fora do PT, partido do qual era filiada há mais de três décadas. Nos últimos anos, a senadora havia criado rixas internas após a indicação de Fernando Haddad para concorrer à Prefeitura de São Paulo, em 2012, no seu lugar, e por discordar de Dilma Rousseff como candidata do PT em 2014.
No ano passado, ela passou a criticar de forma mais contundente o partido e, em abril de 2015, divulgou uma carta na qual se desligava da legenda e afirmava, entre outras justificativas, que o PT "renega os seus princípios."  (Do portal IG)

Nenhum comentário:

Postar um comentário