quinta-feira, 28 de abril de 2016

DEU NO JORNAL VERTENTES NOTÍCIAS - OPINIÃO: A UNIÃO CALABAR


Depois de 3 anos de muitas especulações, alguns desentendimentos e muita torcida da oposição, a união do grupo CALABAR está prestes a acontecer. Nos programas do último sábado, tanto o prefeito Evilásio quanto o vice-prefeito Lero, deixaram claro para toda a população que as divergências existiram, mas não foram suficientes para rachar ao meio um grupo que em Taquaritinga é conhecido por FAMÍLIA CALABAR. 

É bem verdade que muitos usaram microfones, blogs, enfim, toda forma possível de comunicação, para externarem seus pontos de vista e suas discordâncias uns em relação aos outros.

Mas o grupo CALABAR é um caso a parte na política de nosso Estado e não apenas em Taquaritinga. É um grupo criado por homens de bem, nos meados dos anos 80, que buscavam dar ao nosso município um tratamento correto no uso da coisa pública. Assim, é um grupo que nunca teve e nunca terá dono. Aquele que tentar se apropriar, perceberá rapidamente que não logrará êxito. 

Na política nacional e estadual e até na local, vemos diversos exemplos de líderes que se distanciaram e depois se entenderam. Vertentes passou por isso quando houve a ruptura e em seguida a reaproximação entre Valdemar e Zé Neto; Santa Cruz já vivenciou isso com Edson Vieira e Diogo Moraes; Jarbas Vasconcelos voltou a ser aliado de Eduardo Campos. Enfim, se fôssemos relatar todos os casos de conhecimento público, levaríamos um dia só citando exemplos.

Em Taquaritinga, temos uma provável chapa de oposição, cujos pré-candidatos, logo após a derrota nas eleições de 2012, trocaram muitas farpas entre si,  mas que hoje resolveram se aliar, mesmo com suas indiferenças e devem ser confirmados como a chapa boca-preta que enfrentará a chapa CALABAR no próximo pleito de outubro.


Muitos fatores foram fundamentais para o fim dessa divergência no grupo CALABAR, mas acima de tudo pairou o sentimento de união e de que todos fazem parte de uma só família, que sempre buscou o bem para o nosso município. A presença do Deputado Estadual Diogo Moraes e do seu pai, o ex-deputado Oséas Moraes, juntamente com Fábio de Jairo, foram essenciais, ao mostrarem a importância da união de todos para que o grupo pudesse continuar a frente dos destinos de Taquaritinga, pois é do entendimento da maioria da população que esse é o melhor caminho a ser seguido pelo bem do município.


Dessa forma, o grupo vai unido para as eleições de outubro próximo e por ora, 4 nomes estão entre aqueles que serão indicados pela maioria para comporem a chapa CALABAR: o vice-prefeito Lero, que surge como favorito para o posto de candidato a prefeito; o Policial Rodoviário Federal Fábio de Jairo, coordenador de todas as campanhas vitoriosas do grupo; o empresário Gena Lins, que hoje é o nome preferido do prefeito Evilásio; e Júlio César, ex-secretário de Agricultura. Isso não impede que outros coloquem seus nomes para serem avaliados pelo povo, que é e sempre será o senhor da razão. 

A UNIÃO hoje é uma realidade, a FAMÍLIA CALABAR tá como sempre teve, unida em torno de um propósito, que é o bem de todo o povo do município. E mais uma vez ficou provada aquela máxima que diz que ninguém deve tentar desunir uma família, pois ela sempre se unirá para se defender daqueles que tentarem destruí-la.

Nenhum comentário:

Postar um comentário