segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Prisão: ex-senador na mira da Procuradoria

Luiz Estevão deve ser um dos primeiros a sentir os efeitos da decisão do STF, que permite a execução da pena a partir de decisão judicial de segunda instância.
O ex-senador está na mira da Procuradoria Geral da República.
Condenado no final dos anos 90 por superfaturamento em obras do TRT-SP, só no STJ sua defesa já apresentou dez recursos. De tanto apelar dos 31 anos da pena, hoje Estevão tem a cumprir 28 anos.
Eleições 2016 
Ao contrário de outros anos, poucos parlamentares pensam em disputar as eleições em 2016. O desgaste dos políticos e o rigor nas regras para doações desestimularam antes fortes candidatos. Além disso, o TSE reduziu de 90 para 47 dias o período eleitoral, diminuindo a exposição pública. Desde 1982 acompanhando disputas, o cientista político Ricardo Guedes, do Sensus, prevê alta no número de votos brancos e nulos. Diz ainda que o PT será o maior derrotado. “O eleitor apresenta grau de rejeição acima de 50% em relação ao partido, a Lula e a Dilma. Nada faz crer que esse índice cairá. Vão se dar bem os candidatos de oposição mais conhecidos”.  (IstoÉ)

Nenhum comentário:

Postar um comentário