sábado, 19 de dezembro de 2015

Soldados ficam feridos durante obra de asfaltamento no interior do Piaui

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa
Um acidente na manhã desta quarta-feira (16/12), deixou dois soldados do exército feridos após uma explosão na Usina de Asfalto do 2º Batalhão de Engenharia de Construção (2º BEC), localizada na cidade de Manoel Emídio, distante 445 km da capital Teresina. As vítimas foram identificadas como William Brito de Moraes (Sd William) e Luan Rodrigues Chagas (Sd L. Rodrigues).
Os militares receberam o primeiro atendimento no local e posteriormente foram levados para a cidade de Floriano e, logo após a liberação da equipe médica, devem ser transferidos para a capital Teresina. O estado de saúde de um dos militares é considerado grave.


Em nota, o Batalhão diz que tem como prioridade o atendimento de saúde dos soldados acidentados e está oferecendo todo apoio às suas famílias para que estas possam acompanhar da melhor forma possível os seus entes queridos.
O acidente ocorreu durante o processo de aquecimento de um tanque de armazenamento do Cimento Asfáltico de Petróleo (CAP), popularmente conhecido como piche. O CAP é utilizado na preparação do asfalto propriamente dito. No entanto, ainda não é possível precisar o que motivou o acidente. Para apurar as causas da explosão será instaurado um Inquérito Policial Militar, que deverá ser concluído dentro de 40 dias.
O 2º BEC trabalha na região desde 2009 e está encarregado da construção da BR-135/PI no sub-trecho do Km 157,7 (fim da pavimentação – Bertolínia) até o Km 219 (Eliseu Martins), totalizando uma extensão de 61,3 km. O Sd William é Operador de Caldeira e tem três anos de experiência na função. Já o Sd L. Rodrigues trabalha como Auxiliar de Serviços Gerais. (180graus)

Nenhum comentário:

Postar um comentário