segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Relação íntima via oral faz bem para a saúde e previne contra câncer, revela pesquisa

Uma pesquisa recente conduzida em todo o mundo pelos principais profissionais da área do sexo constatou que a relação íntima via oral previne contra uma variedade de cânceres. Um porta-voz do Journal of the American Medical Association disse que a alta frequência de ejaculação está relacionada com a diminuição do risco de câncer de próstata.
Darryl Burch, educador em estudos de reprodução, afirmou que a pesquisa foi feita para provar que o ato íntimo em questão previne contra cânceres em homens e mulheres.
Relação íntima via oral faz bem para a saúde e previne contra câncer
Pesquisa recente conduzida em todo o mundo pelos principais profissionais da área do sexo constatou que relação íntima via oral previne contra uma variedade de cânceres.
Segundo ele, durante o ápice do prazer as mulheres produzem hormônios como a ocitocina e endorfinas, que possuem efeitos comprovados contra o câncer e doenças cardíacas.
couple having sex in bed
O educador também afirmou que outro estudo recente que examinou casais heterossexuais e homossexuais. Metade dos participantes praticava ato via oral na (o) parceira (o) e a outra metade não o fazia. Os que realizavam a prática oral tiveram os níveis de estresse reduzido, entre outros benefícios para a saúde.
Jennifer Bass, acadêmica do Instituto Kinsey, afirmou: “Nós temos bons dados para mostrar uma conexão direta com boa saúde. Sabemos que as pessoas saudáveis têm mais atividade sexual. Esses dados também são consistentes com a possibilidade de que o sêmen pode antagonizar os sintomas depressivos”.
Estudos descobriram que o sêmen reduz a pressão arterial, aumenta a saúde cardiovascular e age como um antidepressivo.
Carin Koelman, profissional de saúde no Centro Médico da Universidade de Leiden, na Holanda, disse que o ato oral e o de engolir o esperma estão relacionados com ocorrentes diminuições destes distúrbios.
Para ela, isso sugere que o ato em questão é, de fato, bom para sua saúde.
Fonte: DailyStar

Nenhum comentário:

Postar um comentário