segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Mulher de Cunha sonegou contas na Suíça

Nos últimos três anos, a jornalista Cláudia Cruz, esposa de Eduardo Cunha (PMDB-RJ), presidente da Câmara dos Deputados, deixou de informar ao Banco Central e à Receita Federal a existência de ativos no exterior. A revelação foi feita pelo jornalista Graciliano Rocha em reportagem na Folha de S.Paulo desta segunda-feira.
Segundo a matéria, "extratos bancários da conta Kopek, em nome da mulher do presidente da Câmara dos Deputados, demonstram que em 31 de dezembro de 2014 estavam depositados US$ 278 mil; na mesma data de 2013, o saldo era de US$ 148 mil e, no último dia de 2012, era de US$ 287 mil."
Ele informa, ainda, que "o Banco Central exige uma declaração de todo contribuinte de contas no exterior cujo saldo seja superior a US$ 100 mil em 31 de dezembro do ano anterior" e que "a omissão da declaração pode ser punida com multa de R$ 250 mil."
No caso da Receita Federal, "a declaração da existência da conta, independentemente do valor, também é obrigatória no imposto de renda."
Leia aqui na íntegra reportagem da Folha de S.Paulo 

Nenhum comentário:

Postar um comentário