quinta-feira, 29 de outubro de 2015

TIO DE ADOLESCENTE MORTO EM LATROCÍNIO NO DISTRITO PÃO DE AÇÚCAR DESABAFA NO PROGRAMA CIDADE EM FOCO



O tio do adolescente Gabriel Vergett Joventino, que tinha 15 anos de idade e foi morto em um latrocínio no dia 11 desse mês em Pão de Açúcar distrito de Taquaritinga do Norte, fez um verdadeiro desabafo no programa Cidade em Foco transmitido pelas Rádios Farol FM, Filadélfia FM e Colinas FM.
 

Rosimar mostrou sua insatisfação com a atitude do Delegado de Polícia que liberou o veículo supostamente utilizado no crime antes de ser periciado.
É uma vergonha, o veículo foi apreendido, a mulher foi apreendida, tem todos os indícios e simplesmente o Delegado não faz nada, já liberou o carro, já liberou a meliante. Tem foto do meliante, a Polícia Militar estar no encalço, o GATI está no encalço, já acionamos a Secretaria de Segurança Pública (Defesa Social), porém a Delegacia de Santa Cruz do Capibaribe não prende ninguém e os policiais disseram: ‘A gente prende pra que? Chega na Delegacia eles saem primeiro que a gente que fica preenchendo documentos’. A mulher já estar na rua, o carro tem todos os indícios, tem filmagem, tem foto, tem tudo e o carro tá na rua”, desabafou.

Segundo Rosimar, o marido da mulher que é proprietária do carro já foi preso acusado de homicídio e a Polícia sabe dessa informação. O principal suspeito de ter cometido o latrocínio, de acordo com o Tio da vítima, é maior de idade e estar solto, o que para Rosimar seria uma vergonha para os políticos.

No mínimo ela (mulher) e o carro deveriam estar apreendidos até serem periciados. Foi o que a Polícia me informou, que no mínimo o carro deveria ser periciado, mas simplesmente foi liberado”, ressaltou.
O momento mais relevante da entrevista foi quando Rosimar disse que, os acusado tiveram a audácia de passar no mesmo carro defronte da residência para conferir se tinha matado o jovem e no mesmo dia, foi ao Distrito de Gravatá do Ibiapina município de Taquaritinga do Norte, beber cachaça. Do Agreste Noticia

Nenhum comentário:

Postar um comentário