quarta-feira, 16 de setembro de 2015

DIOGO MORAES GARANTE APOIO A PROJETO DA POLÍCIA CIVIL

O deputado estadual Diogo Moraes (PSB) recebeu, na manha desta quarta-feira (16), integrantes da Polícia Civil no seu gabinete. Na reunião, o parlamentar se colocou à disposição da categoria para colaborar com a aprovação de um importante projeto que tramita na Assembleia Legislativa de Pernambuco, o PL 430/2015, de autoria do Executivo estadual. O texto versa sobre a regulamentação das atividades atribuídas à Polícia Civil em Pernambuco.
O gerente de controle operacional especializado da Polícia Civil, delegado Darlson Freire, esclareceu que o projeto regulamenta atividades que já são desempenhadas pela categoria. O texto diz que cabe exclusivamente ao delegado de polícia “lavrar procedimentos flagranciais, inclusive termos circunstanciados de ocorrência, e presidir a apuração de infrações penais, por meio de inquérito policial ou outro procedimento previsto em lei”. “O projeto de lei que tramita aqui, que fala sobre as prerrogativas dos delegados, vem para confirmar uma situação que já é de conhecimento de todos”, destacou Freire.
O projeto já passou pelas principais comissões da Assembleia Legislativa e a categoria pede celeridade na aprovação no plenário para que possa ser sancionado pelo governo estadual. Diogo Moraes garantiu que vai trabalhar pela rápida aprovação na Casa Joaquim Nabuco. “Vamos tentar levar ao plenário o mais rápido possível para que, até a semana que vem, já esteja nas mãos do governador”, afirmou o deputado.
O delegado Luiz Andrey, que é subchefe da Polícia Civil em Pernambuco, agradeceu a atenção recebida. “Quero ratificar o agradecimento pelo apoio recebido. Esse projeto de lei é um dos índices do acordo firmado entre a Polícia Civil e o Estado há alguns meses”, disse.
Na ocasião, o deputado ouviu diversas necessidades da categoria. Também participaram do encontro o presidente da Associação dos Delegados de Polícia do Estado de Pernambuco, Francisco Rodrigues; a vice-presidente da instituição, Silvana Lelis; o diretor Integrado Especializado, Salustiano Albuquerque; o diretor da Academia da Polícia Civil, Romano Costa; o delegado Nehemias Falcão, responsável pela GPCA; Renato Rocha, diretor de Inteligência; e delegado Salatiel Patrício, responsável pela Divisão de Homicídio Metropolitana Norte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário