quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Caruaru: após polêmica, Raquel mantém cautela

Um dia após a reunião com o governador Paulo Câmara (PSB) e o presidente do partido no Estado, Sileno Guedes, a deputada estadual Raquel Lyra adotou a cautela para falar sobre a conversa que praticamente a definiu como nome socialista para as eleições de 2016 em Caruaru.
Raquel, que juntamente com seu pai, o ex-governador João Lyra, vinha ameaçando deixar o partido caso não tivessem o apoio do PSB, disse, ontem, que o partido já resolveu que terá candidatura própria no município e que as conversas em torno desse nome estão sendo “aprofundadas”.
Também deixou claro que as discussões em torno do controle da legenda na cidade foram colocadas à mesa e agora aguarda que critério o partido usará para bater o martelo. Raquel foi a terceira colocada na corrida para um cargo na Casa de Joaquim Nabuco em 2014, com pouco mais de 80 mil votos. (Do Diario de Pernambuco)

Nenhum comentário:

Postar um comentário