quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Janot à moda Moro: não vai poupar ninguém

Com as notícias de que as denúncias contra políticos citados na Lava-Jato virão ainda esta semana, inclusive a do presidente da Câmara, Eduardo Cunha, cresceu a expectativa sobre como o Supremo Tribunal Federal procederá.

O palpite dos maiores escritórios de advocacia do país é o de que o STF agirá à la Sérgio Moro: não vai poupar ninguém.
A avaliação é de  Denise Rothenburg, na sua coluna desta quinta-feira no Correio Braziliense.
Os nomes dos políticos que seriam denunciados ainda ontem pelo Ministério Público Federal eram justamente aqueles que atacaram o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, em especial, o deputado Eduardo Cunha e o senador Fernando Collor de Melo.
Na Câmara, os aliados de Cunha só falavam nessa “estranha” coincidência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário