quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Gastos: Câmara reduzirá número de secretarias

Do Diario de Pernambuco – Rosália Rangel
Um dia depois da presidente Dilma Rousseff (PT) anunciar a redução de dez dos 39 ministérios, o governador Paulo Câmara (PSB) disse ontem não descartar a possibilidade de reduzir o número de 22 secretarias do Estado. “Não descarto até o final do ano fazer algum tipo de reforma. Isso vai depender dos próximos meses”, declarou o socialista, referindo-se ao desdobramento da crise financeira enfrentada pelo país. Ele falou sobre o assunto depois da solenidade de formatura dos novos sargentos da Polícia Militar, no Centro de Convenções.

Ao comentar uma possível redução de secretarias, Câmara lembrou da reforma feita em 2013 pelo ex-governador Eduardo Campos e da que ele promoveu no início do ano. “Então, em virtude da crise, estamos verificando pasta a pasta, cada projeto e não descarto a possibilidade de uma reforma”, assegurou o socialista. 

Na última segunda-feira, o governador anunciou um corte de R$ 920 milhões das despesas com a administração pública. Quando questionado sobre as consequências da medida, o socialista usou a palavra “aperto” para definir a situação. “Não podemos negar isso. As dificuldades da queda de receita são muito grandes”, observou. Paulo Câmara ressaltou que o governo entra agora em segunda etapa de redução de gastos diante de um cenário “pessimista” que, segundo ele, mostrou-se ainda pior com o passar do tempo. “O que a gente previa de difícil está sendo muito mais difícil e não apenas em Pernambuco, mas principalmente no Brasil “, observou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário