quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Delator: Corrêa recebia mesada de R$ 200 mil

O delator Rafael Ângulo, ex-faz-tudo do doleiro Alberto Youssef, afirmou à Justiça Federal que entregava todo mês até R$ 200 mil em espécie para o ex-deputado pernambucano Pedro Corrêa (PP-PE), preso em Curitiba por corrupção e lavagem de dinheiro no esquema desmontado pela Operação Lava Jato. As entregas ocorriam, geralmente, em três lugares: o escritório de Youssef, em São Paulo; a casa do ex-parlamentar, no Recife; e no apartamento funcional da Câmara ocupado por Corrêa em Brasília”.
Na noite de ontem, o Senado aprovou, por 65 votos a favor e 7 contra, a Proposta de Emenda à Constituição 98, que reserva percentual mínimo de cadeiras às mulheres no Poder Legislativo. A PEC estipula índice mínimo de representação feminina nas três próximas legislaturas: 10%, 12% e 16%. A medida atinge Câmara dos Deputados, assembleias legislativas, Câmara Legislativa do Distrito Federal e câmaras municipais. O texto ainda precisa ser apreciado em segundo turno no próprio Senado.(Do Diario de Pernambuco)

Nenhum comentário:

Postar um comentário