quinta-feira, 23 de julho de 2015

Lava Jato: fatura R$ 22 mi e muda para Miami

A advogada Beatriz Catta Preta está de mudança para Miami, nos EUA, com pelo menos R$ 22,5 milhões no bolso. Com honorários entre R$ 2,5 milhões e R$ 5 milhões por causa, ela pode chegar a R$ 45 milhões na Lava Jato, uma vez que fez 9 das 17 delações.

Ela comunicou ao juiz Sérgio Moro que largou as defesas do ex-gerente da Petrobras Pedro Barusco e do ex-executivo da Toyo Setal Augusto de Mendonça.
A advogada deixou a operação após o lobista Julio Camargo mudar sua versão e dizer ter pago US$ 5 milhões em propina ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).
Desde então, ela começou a ser questionada, em requerimento do integrante da CPI da Petrobras, o deputado Celso Pansera (PMDB-RJ), sobre a origem do dinheiro que recebeu como pagamento dos réus da Lava Jato. Em outro pedido, dirigido a uma juíza do Paraná, exigiu a lista de todos os clientes de criminalista.
O dinheiro sinaliza que delatores não devolveram tudo que obtiveram no esquema.  (Portal BR 247)
Leia aqui reportagem da Folha de S.Paulo sobre o assunto

Nenhum comentário:

Postar um comentário