segunda-feira, 27 de julho de 2015

Dilma e Lula vêm tentar reocupar o Nordeste


A presidente Dilma Rousseff, o presidente do PSDB, senador Aécio Neves (MG), e o ex-presidente Lula iniciam o mês de agosto de olho no Nordeste. Os três planejam uma série de viagens à região para cativar os nordestinos. Enquanto os governistas correm atrás da popularidade perdida, o tucano tenta reverter a desvantagem recente da oposição nesses nove estados. Ainda que desgostosos com o governo federal, jamais, nos últimos 13 anos, os moradores da região deram votos suficientes para que a oposição sonhasse em retornar ao Palácio do Planalto.
Pelo contrário. Foi no Nordeste, em todas as recentes eleições presidenciais, que o PT assegurou a hegemonia na corrida pela Presidência da República. Na disputa de 2014, a mais acirrada desde 1989 e vencida por Dilma por uma margem apertada de 3,4 milhões de votos, a petista abriu impressionantes 12,2 milhões de frente sobre o tucano.
Mas a hegemonia está  ameaçada. Há pouco mais de um mês, durante evento com o ex-primeiro ministro espanhol Felipe González, Lula mostrou-se apreensivo. “Estamos perdendo o Nordeste muito rápido”, admitiu.
Há duas semanas, Lula encontrou-se com Dilma em um almoço no Palácio da Alvorada. Ao lado do chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante, e do ministro da Secretaria de Comunicação Social, Edinho Silva, ficou acertado que a presidente viajaria mais, para, nas palavras de Lula, “colocar a cabeça no ombro do povo”. As viagens acontecerão por todo o país, mas a região Nordeste transformou-se na prioridade. (Do Correio Braziliense)

Nenhum comentário:

Postar um comentário