sábado, 2 de maio de 2015

Desespero e revolta marcam sepultamento de Lauane, criança vítima da violência em Santa Cruz do Capibaribe

Dor e desespero marcam rosto de dona Laurenice, mãe da criança brutalmente assassinada. Fotos: Thonny Hill.
Na manhã deste sábado (02) foi sepultado o corpo de Lauane Maria da Silva, de 2 anos e 11 meses.

A criança faleceu, na madrugada de sexta-feira (01) no Hospital da Restauração em Recife, em decorrência de ter recebido um disparo de arma de fogo na cabeça na noite da última quinta-feira (30).

Na ocasião, criminosos armados tentaram tirar a vida de seu irmão, um adolescente de 16 anos, mas acabaram atingindo a criança e também um tio da vítima, este último com dois tiros de raspão.

A chegada do corpo se deu na noite de sexta-feira e o velório se seguiu por toda a madrugada. Por volta das 10h, foi iniciado o cortejo, que foi acompanhado por centenas de pessoas.
.
.
.
A mãe da criança, Laurenice da Silva, tentou, por várias vezes, acompanhar o velório e o cortejo, mas a cada vez que se aproximava do caixão da criança, entrava em desespero e, em seguida, desmaiava. Por várias vezes ela foi amparada por familiares e amigos.
.
Ao findo, a mãe entra em desespero ao ver as fotos da filha.
.
.
Familiares e vizinhos fizeram várias homenagens a criança, com cartazes e fotos.
A esquerda, um dos irmãos de Lauane.
.
.
.
..
.
De pés descalços, mãe da criança tentou, seguidas vezes, acompanhar o cortejo, mas passou mal e teve que ser retirada as pressas.
.
.
;
Um dos momentos mais emocionantes da cerimônia fúnebre foi a chegada do corpo ao cemitério. Diversas crianças e professores da creche onde a menina estudava chegaram de mãos dadas até a área próxima a cova onde a criança seria sepultada, que ficou completamente lotada de curiosos.
.
.
.
.
Ao final do sepultamento, ao som dos gritos de desespero da mãe, uma salva de aplausos foi dada para a criança que foi mais uma vítima da violência que cada vez mais tira vidas em Santa Cruz do Capibaribe.
.
.

A morte de Lauane é o 17º homicídio cometido no município no ano de 2015. 


Do Blog do Ney Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário