sexta-feira, 8 de maio de 2015

CRIME MACABRO: Corpo de professora morta é encontrado fora do caixão com sinais de abuso sexual.

PARANAVAÍ (PR):Uma professora de 41 anos que lutava contra o câncer há dois anos faleceu de domingo (03) para segunda. A família velou e sepultou o corpo da mulher no final da tarde desta segunda-feira (04) no cemitério municipal de Paranavaí. Na manhã de terça-feira (05), o administrador do cemitério, o senhor Hamilcar Pereira dos Santos que trabalha há 39 anos enterrando pessoas, se assustou com a cena do caixão fora do túmulo. "O corpo da professora estava ao lado e sem roupas" relatou Santos. Imediatamente o funcionário do cemitério ligou para a Polícia Militar e Civil e contou o fato. As autoridades policiais compareceram no túmulo e como o cadáver estava sem roupas, um perito criminal foi até o local para examinar o corpo para um exame que será feito para apurar se houve ou não abuso sexual. 

Chegou ao conhecimento da polícia que os criminosos podem ter feito isso porque a vítima teria jóias valiosas no corpo, mas a polícia descarta essa possibilidade. O delegado de polícia de Paranavaí, Carlos Henrique Rossato, não descarta a possibilidade de um abuso sexual o crime de necrofilia (sexo com pessoa morta), mas espera um exame para poder afirmar essa hipótese.

A família além de estar abalada com a morte da professora foi comunicada do fato. Toda a população de Paranavaí e policiais ficaram revoltados com esse crime. O cemitério fica na frente da 8ª SDP de Paranavaí. O corpo não foi encaminhado para o IML, e sim voltou para o caixão e sepultado novamente. Uma empresa privada de segurança foi contratada pela família da vítima para vigiar o túmulo pelas próximas 48 horas. (Fonte: André Almenara / Blog CamaranoRec).

Nenhum comentário:

Postar um comentário