quinta-feira, 23 de abril de 2015

Prefeitos vão em cima dos parlamentares

Do Diario de Pernambuco – João Vítor Pascoal
Os prefeitos vão exigir um comprometimento maior da bancada federal de Pernambuco para a construção de um novo Pacto Federativo e a “saída do papel” de demandas dos municípios que caminham com morosidade no Congresso. Essa pauta, debatida ontem na Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), será cobrada durante a Marcha dos Prefeitos, nos dias 25 e 28 de maio, em Brasília. 

De acordo com o presidente da Amupe e prefeito de Afogados da Ingazeira, José Patriota, esse posicionamento também será adotado por municípios de outros estados e pela Confederação Nacional de Municípios (CNM). Ele aponta que a pressão sobre os parlamentares deve surtir mais efeito que a cobrança direcionada ao Executivo.

Segundo Patriota, a CNM tem se articulado com os presidentes da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB), e do Senado, Renan Calheiros (PMDB), para que ambas as casas reservem um dia, sem sessões plenárias, para que deputados e senadores estejam presentes para ouvir as demandas municipais.
A queixa principal dos municípios pelo país é de que as prefeituras contam com mais atribuições que recursos, o que tornará impossível, em breve, construir uma administração municipal sem infringir a Lei de Responsabilidade Fiscal.

Um comentário:

  1. eles prefeitos na maioria corruptos,acham pouco o que desvia das prefeituras querem mais,e muita cara de pau,tem muitas soluçoes para crise,como reduzir as mordomias que existe nas prefeituras que sao muitos,diminuir a folha de pessoal,e muitas outras opçoes,basta boa vontade e mais honestidade por parte dos prefeitos.

    ResponderExcluir