quinta-feira, 16 de abril de 2015

POLÍCIA FEDERAL AUTUA EM FLAGRANTE SUSPEITO DE FALSIFICAR CÉDULAS EM GRAVATÁ

Nota Falsa-Flagante PM-Alerta-PF

Policiais Militares lotados à 5ª CIPM – Companhia Independente de Polícia Militar, que fica localizada em Gravatá/PE, prenderam em flagrante, na noite de ontem, dia 15/04/2015, por volta das 20h, Tiago Tavares de Lima, 24 anos, estudante, natural e residente em Gravatá/PE – (possui antecedentes criminais – já foi detido e pagou por fiança por duas vezes a primeira por uso de entorpecente e a segunda por porte ilegal de arma de fogo ambos os crimes cometidos em Gravatá/PE).
A prisão aconteceu em virtude de informações chegadas a uma equipe de Policiais Militares da 5ª CIPM, dando conta de que haveria um suspeito que estava colocando em circulação cédulas falsas no comércio de Gravatá/PE e que seu suposto nome seria TIAGO. De posse dessas informações os policiais se deslocaram até o local indicado e por conhecer uma pessoa com esse mesmo nome que já havia sido preso por duas vezes consecutivas, resolveram averiguar se tratava-se da mesma pessoa que tinha endereço situado no bairro Caic-Gravatá/PE. Os policiais ao chegar em sua residência foram recepcionados pelo próprio TIAGO que ao saber da denúncia sobre circulação de notas falsas franqueou o acesso dos militares ao interior de sua residência.
suspeito preso com notas falsas-gravatá-agresteviolento.com.br
A ação teve seu desfecho final quando ao ser feita uma busca minuciosa no interior da residência e ligado o computador foi detectado a presença de várias matrizes de impressões de notas falsas bem como foi encontrado diversos livros com várias notas falsas coladas em seu interior bem como três folhas de papel ofício com notas impressas de R$ 10 e R$ 5,00 reais. Ao todo foram apreendidas 39 cédulas falsas, sendo quinze de R$ 2, quatro de R$ 5, quatro de R$ 10, quatro de R$ 50, além de três folhas A4 impressa com oito notas de R$ 5 e quatro notas de R$ 10 – totalizando R$ 370 em notas falsas!
Também foram apreendidos 01 computador e 01 impressora, 01 drone com controle remoto, 01 celular, além de R$ 429 reais em notas verdadeiras! Terminado os trabalhos investigativo, TIAGO recebeu voz de prisão em flagrante e foi trazido para a sede da Polícia Federal no Cais do Apolo, onde, foi informado de seus direitos e garantias constitucionais e autuado pela prática contida no artigo 289, § 1º e 291 do Código Penal – (fabricar e guardar moeda falsa usando maquinismo destinação para falsificação), e caso seja condenado poderá pegar penas que variam de 3 a 18 anos de reclusão!
Em seu interrogatório TIAGO admitiu que há 6 dias havia comprado um computador com impressora com o intuito de fazer currículos e trabalhos honestos, porém, de repente resolveu confeccionar e imprimir notas falsas para vender a seus amigos, vendendo cada uma delas no valor entre R$ 2 e R$ 5 reais dependendo do valor da nota, imitando o filme o homem que copiava. Informou ainda que adquiriu o drone para brincar com o seu sobrinho, porém os militares, suspeitam, que ele o usava para monitorar a presença da polícia no local. Por fim relatou que é a primeira vez que se envolve com este tipo de crime e que fez isso por motivos financeiros. Após a autuação, o preso realizou Exame de Corpo de Delito no IML – Instituto de Medicina Legal e logo após foi encaminhado para o COTEL- Centro de Triagem e Observação Professor Everardo Luna, onde ficará à disposição da Justiça Federal. (Agreste Violento)

Nenhum comentário:

Postar um comentário