sábado, 4 de abril de 2015

MULHER É ASSASSINADA COM 18 FACADAS EM GARANHUNS. EX-COMPANHEIRO É SUSPEITO DE COMETER O CRIME

mulher assassinada com 18 facadas em Garanhuns
mulher assassinada em Garanhuns
Adriano FerreiraUm elemento armado de faca peixeira invadiu a casa da ex-companheira e assassinou a mesma com cerca de 18 facadas, que atingiram várias partes do corpo. O crime ocorreu por volta das 6h da manhã desta sexta-feira santa, na Rua Pedro Cavalcante, bairro do Jardim Petrópolis em Garanhuns. De acordo com a Polícia Civil, Joseilda Marques da Silva, de 32 anos, estava em sua residência, que fica nos fundo de outra casa, quando foi surpreendida com a chegada do criminoso. Ainda segundo a PC, o suspeito, Adriano Ferreira de Andrade, de 36 anos, chegou em uma moto que ficou estacionada a alguns metros da residência, logo uma morador saiu da residência e deixou um portão aberto, o indivíduo se aproximou e adentrou a casa passado por um beco ao lado, tendo acesso a casa da vítima e após a pratica do crime, fugiu na mesma motocicleta.
Homicídio
O suspeito já tinha sido denunciado à justiça pelo crime de Maria da Penha, tendo a justiça decretado uma medida protetiva a vitima, a qual não serviu de nada para evita-se que o crime acontecesse.
IML-Garanhuns
Adriano Ferreira de Andrade é procurado pela polícia. Ele era Pedreiro contratado pela Prefeitura de Garanhuns e atualmente exerce clandestinamente a função de mototaxista.
casa destruida
Revoltados com o crime, populares atearam fogo em uma residência que estava sendo construída pelo suspeito, a qual era de sua propriedade e fica na mesma rua onde ocorreu o assassinato. Segundo moradores da localidade, Joseilda Marques era bastante querida e amada por todos daquela área, o que teria deixado os populares bastantes revoltados com a crueldade como o crime aconteceu.
A Polícia Civil, Militar e efetivo do Corpo de Bombeiros estiveram no local e corpo foi encaminhado para o IML em Caruaru. (Agreste Violento)

Nenhum comentário:

Postar um comentário