segunda-feira, 13 de abril de 2015

Grávida participante da religião Testemunha de Jeová morre após rejeitar receber transfusão sanguínea por causa de crenças religiosas

Grávida participante da religião Testemunha de Jeová morre após rejeitar receber transfusão sanguínea Uma mulher grávida – da religião “Testemunha de Jeová” – e seu bebê em gestação morreram depois de terem sido diagnosticados com leucemia porque ela se recusou a receber uma transfusão de sangue que poderia tê-los salvo.
A mulher, que não teve sua identidade divulgada, tinha 28 anos e era de Sydney, na Austrália, quando foi diagnosticada com o câncer aos sete meses de gravidez.
Ela poderia dar à luz através de uma cesariana e se submeter a uma quimioterapia, mas para isso, precisaria passar por uma transfusão sanguínea.
Mulher participante da religião Testemunha de Jeová, grávida de sete meses, morreu após recusar uma transfusão sanguínea por causa de crenças religiosas.
Porém ela se recusou a passar pelos procedimentos e ambos faleceram 13 dias após o diagnóstico, depois de sofrer um acidente vascular cerebral e falência múltipla de órgãos.
11
Ela se recusou a receber sangue devido às suas crenças religiosas e o médico responsável disse que ela sabia dos riscos.
111
Fonte: Daily Mail

Nenhum comentário:

Postar um comentário