quarta-feira, 29 de abril de 2015

Evangélicos voltam à carga contra novela global

Vem aí mais um round da batalha dos evangélicos para influenciar a dramaturgia da Globo. Os parlamentares da Frente Evangélica da Câmara, que já fizeram estardalhaço por causa do beijo gay no primeiro capítulo de Babilônia, se articulam para começar a descer a borduna em um novo episódio da novela.

Na semana passada, um diálogo entre Laís (Luisa Arraes) e Rafael (Chay Suede) revoltou os deputados evangélicos por criar uma espécie de estereótipo sobre aqueles que são contra o casamento gay. Na cena, Laís, que é de uma família religiosa e conservadora, se diz enojada das personagens de Teresa (Fernanda Montenegro) e Estela (Nathalia Timberg), e chama de ‘doença’ a relação entre as duas.
O curioso é que na semana passada, a cena repercutiu na internet de outra maneira. Milhares de posts reclamavam da postura de Laís, chamando-a de preconceituosa. Até Jean Wyllys comentou sobre a novela (Veja a cena aqui):
 - Na moral? Imoral é o preconceito. E, como disse Teresa, a maior arma contra ele é o amor.   (Lauro Jardim - Veja Online)

Nenhum comentário:

Postar um comentário