quarta-feira, 22 de abril de 2015

Estado desconta na folha de grevistas



De acordo com o Governo do Estado de Pernambuco, a greve dos professores da Rede Estadual de Ensino, decretada em 12 de abril, vem perdendo a força e a adesão dos docentes a cada dia. Nos dois primeiros dias de paralisação (25 e 26 de março) houve 8.326 faltas, já na segunda paralisação (08 e 09 de abril) foram ao todo 7.386 faltas.
Durante o período em que a greve foi decretada por tempo indeterminado, o quadro levantado, entre os dias 12 e 16 de abril, foi o seguinte: Segunda-feira, 13 de abril (4.428 faltas); Terça-feira, 14 de abril (5.058 faltas); Quarta-feira, 15 de abril (5.189 faltas); e Quinta-feira, 16 de abril (3.663 faltas); Sexta-feira, 17 de abril (3.638 faltas).
As faltas relativas ao dia de hoje, ainda estão sendo computadas. Sendo assim, foram contabilizadas até então 37.688 faltas, número que será descontado da folha de pagamento dos grevistas, em cumprimento à Portaria Conjunta SAD/SEE n° 15.465 de 08 de abril de 2015.

Nenhum comentário:

Postar um comentário