domingo, 15 de março de 2015

Recife hoje: golpe militar, impeachment, corrupção

Do Diario de Pernambuco – Sávio Gabriel
Manifestantes vão às ruas do Recife hoje fazer reivindicações e protestar contra o governo Dilma em três momentos distintos - Neste domingo, um movimento nacional contra o governo da presidente Dilma Rousseff (PT), que teve início nas redes sociais e vem ganhando força no mundo virtual, deve se materializar nas ruas, por meio de protestos realizados Brasil afora. No Recife, estão programados três atos. Um é contra a corrupção, outro defende o impeachment da presidente e um terceiro é mais radical: quer nova intervenção militar no país

Todos os atos estão programados para a Avenida Boa Viagem, na Zona Sul. Dois acontecerão no período da manhã e um à tarde. Todos eles têm o mesmo ponto de partida: a padaria Boa Viagem. O primeiro terá início às 9h e foi organizado pelo Facebook. Até a noite da última sexta-feira, contava com 22 mil confirmações de presença. A bandeira política que levantam é o impeachment da presidente. O grupo seguirá até o Segundo Jardim. Um dos coordenadores, Diego Lagedo, afirmou que alguns segmentos sociais devem participar. "Já fui procurado por associações de igrejas e de profissionais de enfermagem". 

Logo em seguida deve acontecer a manifestação que está sendo organizada pelo grupo Vem Pra Rua. Com saída prevista para as 9h30, os manifestantes seguirão até o Terceiro Jardim. Na pauta de reivindicações, a melhoria do cenário político e econômico do país, além do apoio à Operação Lava-Jato, que investiga o esquema de corrupção na Petrobras. 
 

Militares
A terceira manifestação - a que defende a intervenção militar - está sob a coordenação do grupo Direita Pernambuco. Os integrantes vão se concentrar na orla a partir das 15h, e a passeata seguirá o mesmo trajeto das duas anteriores. Nas redes sociais, duas mil pessoas confirmaram presença. O estudante William Gaia, de 18 anos, defende a volta dos militares ao poder e estará presente no protesto.  Ele deve ir acompanhado da mãe, e estará vestindo uma camisa de apoio ao exército israelense.

Os protestos serão monitorados pela Polícia Militar e pela Companhia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU). Haverá policiamento ostensivo, com carros, motos e policiais a pé, todos ligados ao 19° Batalhão. A CTTU monitorará os eventos por meio de câmeras e de batedores que estarão de prontidão no local, além de integrantes da Guarda Municipal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário