terça-feira, 4 de novembro de 2014

Sarney: ''Voto em Aécio foi gratidão a Tancredo''

Apesar de ter negado, em nota oficial, que votou no senador Aécio Neves (PSDB-MG) no segundo turno da eleição presidencial, o ex-presidente da República José Sarney (PMDB-AP) justificou o seu voto: "Foi um voto de gratidão ao Tancredo", disse o senador, conforme a coluna Radar Online, em referência a Tancredo Neves, avô do ex-presidenciável tucano.
 
Em 1985, com a redemocratização, Tancredo foi eleito presidente da República, mas, segundo relatos históricos, teria adoecido gravemente, e foi sucedido por José Sarney.

O perito Ricardo Molina, a pedido do portal iG, havia confirmado que as imagens da votação são autênticas. "Não é possível discernir os números, mas é possível verificar que o dedo está na altura do 45 e que a gravação é a mesma da ampliação", disse o perito. (Veja aqui).

O voto em Aécio também seria uma retaliação à falta de apoio à candidatura do suplente de senador Edison Lobão Filho (PMDB) a governador do Maranhão, apoiado pela família Sarney, que há quase 60 anos domina a política maranhense. Embora o PT estivesse coligado com aos peemedebistas, o governador eleito do Maranhão, Flávio Dino (PC do B), disse ter recebido do comitê de campanha da presidente Dilma Rousseff (PT) materiais apoiando a sua candidatura (leia aqui)  (Do Portal Maranhão 247).
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário