sábado, 1 de novembro de 2014

GM susta 850 contratos de trabalho em fábrica do ABC

Fábrica da General Motors em São José dos Campos, São Paulo - Marcos Issa / Bloomberg
A General Motors (GM) vai suspender a partir do dia 10 de novembro o contrato de trabalho de 850 empregados de sua fábrica em São Caetano do Sul, no ABC paulista. A medida, fechada ontem, terá duração de cinco meses (até o dia 9 de abril de 2014), foi negociada com o Sindicato dos Metalúrgicos de São Caetano, filiado a Força Sindical. E, segundo a entidade, é uma alternativa a demissão de 1.070 trabalhadores, considerados excedentes pela montadora. 

Este é o segundo lay off na empresa. Na unidade de São José dos Campos, outros 930 funcionários foram afastados em setembro e permanecerão em casa até fevereiro de 2014.

— Foi difícil reverter a posição inicial da empresa que queria dispensar 1.070 trabalhadores — disse Aparecido Inácio da Silva, presidente do sindicato, lembrando que a situação do emprego no ABC está a “cada dia mais difícil”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário