terça-feira, 11 de novembro de 2014

Alckmin: ''Respeito muito o Aécio''. E só

 Com as intrigas novamente batendo à porta do PSDB, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, fez ontem um esforço danado para não cair em provocações dos jornalistas. Quando alguém perguntou o que ele achava do senador Aécio Neves (PSDB-MG) já se colocando como o comandante da oposição e provável candidato em 2018, Alckmin sorriu e respondeu: “O Aécio é uma pessoa muito querida, respeito muito o Aécio”.

Com 2015 logo ali, os tucanos estão preocupados para ver quem será o futuro comandante da bancada no Senado. Aécio já é presidente do partido. Aloysio Nunes Ferreira ficou no cargo por dois anos. Álvaro Dias (PSDB-PR) foi líder anteriormente.

Chegam para concorrer à vaga José Serra, Tasso Jereissati e Cássio Cunha Lima, o que estaria hoje no primeiro lugar da fila por ter apenas mais quatro anos de mandato. Serra e Tasso têm mais tempo de mandato pela frente. (Denise Rothenburg - Correio Braziliense)

Nenhum comentário:

Postar um comentário