terça-feira, 18 de novembro de 2014

Abreu: superfaturamento de 369 milhões só de uma firma

 Questionado por policiais no fim de semana se a Enegevix havia superfaturado obras da refinaria de Abreu e Lima, em Pernambuco, o diretor Newton Prado Junior lamentou: "Posso dizer pelo meu contrato: o prejuízo hoje é de R$ 369 milhões".

Os executivos das empreiteiras que prestaram depoimento no fim de semana -- e estão presos e, muitas vezes, dormindo em colchões no chão-- disseram receber salários de até R$ 3 milhões por ano. (Da Folha de S.Paulo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário