domingo, 24 de julho de 2016

O FIM DA NOVELA CALABAR!

Finalmente, depois de uma longa espera, saiu à definição dos pré-candidatos a prefeito pelo grupo CALABAR em Taquaritinga do Norte.

Desde o término da campanha de 2012, ficou evidente e explícito que o atual vice-prefeito Lero Ivanildo tinha a preferência do grupo para ser o candidato nessa eleição. Lero, que abdicou de ser o vice-prefeito em 2004, quando devolveu a Lulu a presença na chapa e que aceitou ser o vice em 2008 e 2012 apoiando o atual prefeito Evilásio, era a chamada bola da vez.

Muitos outros colocaram o seu nome à disposição, alguns sem nenhuma ou quase nenhuma ligação com o grupo CALABAR, mas que conseguiram arregimentar apoios na tentativa de ocuparem esse posto que quinta-feira foi anunciado pelo Deputado Diogo Moraes, após mais uma das inúmeras pesquisas que foram feitas ao longo desse ano, todas elas para consumo interno.

Em todas as pesquisas, Lero venceu o embate contra todos os postulantes, mesmo sem o apoio do atual prefeito e nem do ex-prefeito Zeca, defensores da pré-candidatura de Gena Lins. Isso prova que o CALABAR não tem dono, pois a vitória de Lero foi a vitória incontestável da maioria dos militantes do VERMELHO. 

Tudo isso poderia ter sido evitado, essas discussões, esses atritos, essas divergências, essa guerra em que se transformou essa novela.

Muitos agiram pensando apenas nos seus interesses, isso ficou claro ao longo do tempo, mas em política a vez e a voz sempre serão do povo e não de quem se ache no direito de dizer o que é certo e o que é errado.

O suspense acabou com a definição do pré-candidato a vice-prefeito, na chapa encabeçada por Lero, Gena Lins que foi indicado pelo atual prefeito Evilásio e seu grupo político, terá um papel preponderante na sede do município como vice-prefeito. (Por Alberes Xavier)

sábado, 23 de julho de 2016

Suspeito de armar atentado se entrega no Mato Grosso

Folha de S.Paulo
A Polícia Federal prendeu na noite desta sexta-feira (22) em Mato Grosso um dos brasileiros que estava foragido e é suspeito de integrar grupo que planejava atentado terrorista que poderia atingir a Olimpíada do Rio de Janeiro.
Segundo a Polícia Federal, ele se entregou por volta das 18h em Vila Bela da Santíssima Trindade, município fronteiriço com a Bolívia. Ele será ouvido e encaminhado posteriormente a um presídio federal.
A Justiça Federal expediu na quinta-feira (21) mandado de prisão contra 12 suspeitos, dos quais dez foram detidos no mesmo dia e dois não tinham sido capturados.
Segundo a Folha apurou, as forças de segurança monitoram o paradeiro do segundo também em Mato Grosso.
Os 12 suspeitos compartilhavam materiais que ensinavam a como construir uma bomba e disseram que a Olimpíada do Rio de Janeiro era a oportunidade de irem para o paraíso.

FBI informou ao Brasil sobre grupo radical

Em conversa interceptada, uma pessoa ensina a fazer uma bomba
                      O Globo - Renato Onofre
As informações de que uma suposta célula terrorista ligada ao Estado Islâmico estaria atuando no Brasil partiram do FBI, agência americana de investigação. O órgão encaminhou um documento ao governo brasileiro avisando que pelo menos seis pessoas faziam apologia ao grupo e apresentavam características extremistas. Em entrevista ao GLOBO, o procurador da República Rafael Brum Miron, responsável pelas investigações da Operação Hashtag, disse que os suspeitos mantinham comunicação com pessoas de outros países. Os seis identificados pelo FBI estão agora presos.

— Nos grupos de Telegram, há conversas e diálogos com pessoas de fora do país. Ainda não foi possível identificar se essas pessoas tinham vínculo ou não com alguma organização terrorista — explicou Miron.
Entre as mensagens interceptadas pelos investigadores, há uma conversa em que um deles encaminha instruções de como fazer uma bomba caseira. De acordo com o procurador, apesar de o grupo aparentar um caráter amador, era preciso levar em conta o risco de ataque à Olimpíada do Rio.

Moro diz que tinha dados para prender Lula em março

Em resposta à defesa do petista, juiz disse que preferiu adotar uma medida ‘menos gravosa’: a condução coercitiva
O Globo - Renato Onofre
Em resposta aos advogados do ex-presidente Lula, o juiz Sérgio Moro não só rebateu a afirmação de que deveria se colocar em suspeição nas investigações como disse que havia elementos suficientes para decretar a prisão temporária do petista em março, mas optou por uma medida "menos gravosa": a condução coercitiva. Defensores de Lula criticaram interceptação telefônica obtida, segundo eles, de forma "ilegal" e usada de maneira "parcial".
"Rigorosamente, a interceptação revelou uma série de diálogos do ex-presidente nos quais há indicação, em cognição sumária, de sua intenção de obstruir as investigações, como no exemplo citado, o que por si só poderia justificar, por ocasião da busca e apreensão, a prisão temporária dele, tendo sido optado, porém, pela medida menos gravosa da condução coercitiva", afirmou o juiz em seu despacho.
No documento de 15 páginas protocolado nesta sexta-feira, Moro afirmou que não vai abrir mão do caso e que "falta seriedade" à argumentação dos advogados de Lula.

Avanço das obras da duplicação da PE-160 mostra compromisso com o Polo de Confecções

Uma das principais rodovias do Polo de Confecções de Pernambuco, a PE-160, está ganhando novos contornos em ritmo acelerado. A duplicação da estrada faz surgir uma nova cara no agreste do estado e vem acompanhar o desenvolvimento da região.


Orçada em cerca de 70 milhões, a obra do trecho entre o distrito de Pão de Açúcar, em Taquaritinga do Norte, e Santa Cruz do Capibaribe era um sonho para as pessoas que precisam utilizar a rodovia tanto para escoamento da produção de roupas, quanto para mobilidade.
O comerciante baiano José Edvaldo, ficou impressionado ao ver as transformações na rodovia.
Depois de um bom tempo que retorno à Santa Cruz, vejo que tá se tornando outra coisa. Acredito que essa estrada veio para impulsionar a economia” pontuo o comerciante.
O deputado estadual Diogo Moraes tem acompanhado de perto a execução da obra pelo Governo do Estado e tem sido parceiro para que o sonho antigo se torne realidade.
A nossa região há muito tempo pedia e esperava por essa ação. E o agente público precisa dar a resposta ao povo, temos um governo parceiro do Polo de Confecções e que tem se esforçado para que a duplicação da PE-160 seja concluída o mais breve possível. É um compromisso nosso com o desenvolvimento do estado” disse.

Assessoria de Comunicação


sexta-feira, 22 de julho de 2016

VEM AI...

O custo de Eduardo Cunha ao bolso do contribuinte

De homem mais poderoso da Câmara a deputado afastado do mandato, a queda de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) também pode ser representada em valores. Nos 17 meses em que ocupou o comando da Câmara - nos dois últimos ele já estava afastado -, o peemedebista custava aos cofres públicos pelo menos R$ 570 mil por mês. Com a renúncia, caiu para R$ 125 mil mensais.
Os R$ 570 mil incluiam os custos inerentes ao mandato, como salário e as cotas para gastos parlamentares e contratação de assessores, além de segurança pessoal, motoristas, alimentação, serviço de copa e cozinha, água, luz e telefone para a residência oficial.
A queda do “custo Cunha” começou em 5 de maio, quando o Supremo Tribunal Federal afastou por unanimidade do cargo e do mandato sob o argumento de que ele usava essas funções para atrapalhar as investigações da Lava-Jato.
A partir dessa data, Cunha perdeu o chamado “cotão”, verba mensal de R$ 35,7 mil usada para reembolso de gastos com alimentação, passagens aéreas e aluguel de escritório, entre outros. Os R$ 125 mil englobam apenas o seu salário (R$ 33,7 mil) e a verba para manter seu gabinete parlamentar (R$ 92 mil). Ele manterá ainda alguns outros benefícios, como assinatura de jornais e revistas e o reembolso para despesas médicas.
O plenário da Câmara deve votar em agosto o processo de cassação de Cunha. Para que ele perca o mandato é preciso o voto de pelo menos 257 de seus 512 colegas. 

Grupo Calabar define Pré-Candidato Oficial a prefeito para disputar as Eleições de 2016




Na noite desta quinta-feira, foi entregue na casa do Deputado Diogo Moraes (PSB), em Santa Cruz do Capibaribe, a pesquisa de definição do grupo de frente em Taquaritinga do Norte. O vice-prefeito Lero (PR), mais pontuado na pesquisa, foi nomeado o pré-candidato a prefeito do Grupo Calabar a disputar as eleições de 2016. Em relação a definição do vice, será realizada uma reunião neste sábado com todo o grupo para decidir e lançar a Chapa majoritária Calabar. 

O empresário Gena Lins (PSB) em suas breves palavras, mostrou determinação e força, diante do resultado da pesquisa,  relatando que o momento para ele foi de recuar, e para Lero agora é o momento de seguir em frente. Confira a sua fala abaixo.


"Temos que ser maduro suficiente para entender, o momento de seguir e o momento de recuar. Para mim agora, é o momento de parar, e para Lero é o momento de seguir, mais vou respeitar. E quero dizer a todos vocês, que sem nenhuma mágoa, apenas pela felicidade e a forma com que as pessoas nós acolheram e acreditaram, mais como a vida é uma sequência, vamos seguir em frente. Desejo toda felicidade a Lero e ao Grupo Calabar e dizer que essa foi a forma que nós achamos de vencer, e vamos vencer," enfatizou Gena Lins.

Encerrando o momento, o vice-prefeito Lero e pré-candidato a prefeito do Grupo Calabar, agradeceu a todo o grupo pelo apoio e parabenizou Gena Lins por todo o empenho desempenhado na campanha, confira abaixo.



"Primeiramente quero agradecer a Deus e a todos que formam nosso grupo. Quero também parabenizar o nosso amigo e companheiro Gena, por todo seu empenho na campanha, e agradecer a todos por ter sido o escolhido como pré-candidato do grupo, mas precisei conversar com o amigo Gena, no ultimo sábado, onde tivemos uma conversa séria em relação a definição da chapa. E primeiramente acreditando em Deus e na União do grupo, vamos nós intender, e segunda divulgaremos a chapa. E como Gena falou "Precisamos sim ter uma União, Dentro do nosso grupo nós tinha dois pré-candidato, mais sabíamos que só um ia ser o candidato. Então hoje como fui escolhido como pré-candidato do grupo, peço a todos vocês para pregarem esta União. Vamos está nas ruas, visitar nossas lideranças, e realmente ter uma união de ganhar as eleições. Não podemos ter uma União, de ganharmos a pesquisa e não ganhar a eleição. Obrigado a todos e vamos seguir em frente," encerrou Lero.

Isaque Levi | Blog Comunitário

quinta-feira, 21 de julho de 2016

Santa Cruz do Capibaribe passa a ser abastecida pela água do Prata

O deputado estadual e primeiro-secretário da Alepe Diogo Moraes (PSB) festejou o anúncio feito pela Compesa na manhã desta quarta-feira (20) informando que Santa Cruz do Capibaribe passa a ser abastecida pela Barragem do Prata a partir de 28 de julho, deixando de ser atendida pela de Jucazinho, localizada em Surubim e com apenas 0,36% de sua capacidade total.

Em seu exercício parlamentar , Diogo Moraes buscou junto ao Governo do Estado soluções para o abastecimento de água na Capital da Moda. Em setembro de 2015, quando Jucazinho contava apenas com 3% de sua capacidade, o deputado anunciava na tribuna da Alepe o reforço da Barragem do Prata. Ao custo de aproximadamente R$ 1 milhão, o serviço de inversão no bombeamento entre estações de tratamento tornou possível o aumento na oferta de água na região.

"Esse pleito é nosso e já era uma obra prevista para aliviar o sofrimento de nossa gente. A Barragem do Prata tem hoje algo em torno de 58% da sua capacidade máxima, ou seja, 42 milhões de metros cúbicos de água que irão servir também para beneficiar a Capital da Moda, e continuar abastecendo Caruaru, Cachoeirinha, Ubirajuba, Altinho e Agrestina", disse.

O deputado lembrou que a inversão no bombeamento dá uma sobrevida, e que resolve definitivamente a falta d'Água na região. "Teremos a construção do Sistema Adutor Pirangi, que vai levar a água do Rio Pirangi até a estação elevatória do Sistema Adutor do Prata", acrescentou. Com a obra, a vazão irá saltar dos atuais 650 litros por segundo para 980 litros por segundo.

Polo de Confecções beneficiado
De acordo com informações da Compesa a Adutora do Pirangi terá quase 27 quilômetros de extensão e dois sistemas de bombeamentos, com uma vazão de até 500 litros por segundo. A água irá para a Estação Elevatória do Prata, poupando assim a exploração da Barragem do Prata e possibilitará no futuro, integrar esse sistema ao de Jucazinho.

Orçada em R$ 60 milhões a obra irá beneficiar mais de 500 mil agrestinos de Caruaru, Santa Cruz do Capibaribe e Toritama. 

Assessoria de Comunicação


O menino de 6 anos que morreu em competição de minimoto e salvou 5 vidas

Marco Scaravelli perdeu controle de veículo e bateu contra um porta de ferro; família decidiu doar órgãos, salvando cinco vidas.

Da BBC Brasil

Marco, de seis anos, estava tendo os primeiros contatos com as minimotos (Foto: Cristian Scaravelli/Facebook)
Marco, de seis anos, estava tendo os primeiros contatos com as minimotos (Foto: Cristian Scaravelli/Facebook)
O sonho do italiano Marco Scaravelli, de apenas seis anos, era se tornar piloto profissional de motociclismo.
Mas uma tragédia interrompeu sua vida abruptamente.
Ao fim de uma sessão de treinos, Marco perdeu o controle do veículo e bateu contra uma porta de ferro. Ele morreu em decorrência dos ferimentos graves que sofreu.
O acidente ocorreu no último sábado, 10 de julho, na pista de Racing Park de Viadana, na comunidade de Mantova, no norte do país.
Na terça-feira, mais de 100 pessoas participaram de uma procissão para se despedir de Marco em sua cidade-natal, o povoado de Dosolo, a cerca de 10 km do local. Ele foi enterrado logo depois.
A tragédia comoveu o mundo do motociclismo depois que o pai de Marco, Cristian, compartilhou a notícia em um post em sua conta na rede social Facebook.
"Todos devem saber quem era Marco", disse Cristian ao escrever sobre o filho.
Acidente
Marco ainda estava tendo o contato inicial com o universo das minimotos, de onde sai a maioria dos corredores que participa do mundial de motociclismo.

Ele já dominava a moto, mas após um primeiro treino junto com outras crianças da mesma idade, seu pai quis ajudá-lo a empurrar o veículo até uma tenda localizada a 40 metros para se resguardar do sol e do calor.
Cristian, então, puxou o cabo para ligar o motor (semelhante ao processo de ligar motores náuticos), já que não queria ter de empurrá-la. Foi quando o acidente aconteceu.
"Marco começou a acelerar e, assustado, perdeu o equilíbrio. Ele estava em velocidade máxima", lembrou Christian em entrevista ao jornal italiano Corriere della Serra.
Órgãos de Marco salvaram cinco crianças (Foto: Cristian Scaravelli/Facebook)
Órgãos de Marco salvaram cinco crianças (Foto: Cristian Scaravelli/Facebook)
Órgãos de Marco salvaram cinco crianças
"Ele encostou em uma criança, atravessou a barreira e foi direto contra uma porta de ferro", lamentou.

A força do impacto - as minimotos podem alcançar velocidades entre 50 e 60 km/h - resultou em danos irreparáveis no cérebro de Marco, provocando sua morte.
O prefeito de Dosolo, Vicenzo Madeo, decretou dois dias de luto na cidade.
Doação de órgãos
A família decidiu doar os órgãos de Marco - rins (2), fígado, pulmões e coração - salvando a vida de cinco crianças.

"Marco sempre foi um menino feliz, alegre e generoso. Decidimos doar seus rins, fígado, pulmões e coração. Graças a Marco, cinco famílias rejubilaram-se de esperança. Graças a Marco, cinco meninos poderão começar uma nova vida", escreveu Cristian no Facebook.

‘Mulheres Taboquinhas’ e ‘Juventude Boca-Preta’ aquecem pré-campanha em Santa Cruz do Capibaribe

A proximidade das datas reservadas pelos principais grupos políticos de Santa Cruz do Capibaribe para a realização de suas convenções partidárias, faz com o que a militância dos dois grandes blocos se movimente em busca de apoio popular e também com o intuito de aquecer uma disputa que ainda se mantém morna e distante do grande público.

No último sábado um grupo, liderado pela primeira dama do município, Alessandra Vieira, promoveu um encontro com jovens que compõe o partido comandado pelo prefeito Edson Vieira, que concorrerá a reeleição no próximo mês de outubro. A ‘festa azul’ aconteceu no bairro Rio Verde, na residência do jovem empresário Weslley Marques.

“Nossa juventude é aguerrida e politizada. Encontros como este servem para que possamos, discutir aquilo que queremos para a nossa cidade, de forma consciente e descontraída”, disse Alessandra Vieira.


Enquanto isso – O empresário Fábio Aragão postou em seu perfil no Facebook, na noite desta segunda-feira, uma foto onde várias mulheres aparecem vestidas de vermelho e demonstrando apoio a pré-candidatura a prefeito de Fernando Aragão.

Fábio é filho de Fernando e faz parte da coordenação da campanha do grupo de oposição. Tido como uma figura centrada, ele se tornou figura sempre presente nas principais movimentações do projeto político do pai. “Mulheres Taboquinhas. Essas meninas são demais!”, exclamou ele no Face. (Blog do César Mello)

quarta-feira, 20 de julho de 2016

França nega plano de atentado por brasileiro do EI

Informação de que brasileiro ligado ao "Estado Islâmico" estaria planejando ataque contra atletas franceses na Rio 2016 é falsa, afirma governo francês, em comunicado divulgado pelo Palácio do Planalto.

A França desmentiu a existência de um suposto plano de atentado contra atletas franceses durante os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, o qual seria executado por um brasileiro ligado à milícia terrorista "Estado Islâmico" (EI), afirmou nesta terça-feira (19/07) o governo brasileiro.

"O governo francês disse ao Brasil que a informação segundo a qual um brasileiro alegadamente ligado ao 'Estado Islâmico' estaria planejando um atentado contra a delegação francesa durante os Jogos Olímpicos de 2016 no Rio é falsa", afirmou o Palácio do Planalto, em comunicado.

Segundo a nota, o governo brasileiro não recebeu informações quando o assunto veio à tona justamente porque a informação não procedia.

O suposto plano foi mencionado em 26 de maio, durante o depoimento do general francês Christophe Gomart, chefe da direção de inteligência militar (DRM), a uma comissão parlamentar que investiga os ataques terroristas de 2015 em Paris, que deixaram 147 mortos.

No depoimento, divulgado na semana passada, Gomart responde a uma pergunta sobre o suposto plano - que seria executado por um cidadão brasileiro - e diz ter sido informado da ação por parceiros de cooperação, sem acrescentar detalhes.

Segundo o jornal francês Libération, o trecho não deveria estar na descrição do depoimento do general e foi incluído por um erro de transcrição.

"Em documento enviado hoje ao Ministério da Defesa, o diretor de Inteligência Militar da França explicou que a informação foi analisada pelas agências francesas, em cooperação com órgãos de inteligência de diversos países, inclusive do Brasil. A análise das pesquisas realizadas levou à conclusão de que a informação é falsa, razão pela qual o diretor não a transmitiu ao Ministério da Defesa brasileiro naquela ocasião", afirmou o Planalto, por meio de nota. (TERRA)


Bolsa pode receber R$ 200 bilhões de grandes fundos

Operadores na Bovespa
Operadores na Bovespa: os fundos globais de ações têm 16 trilhões de dólares e quase não investem aqui.
São Paulo – Quem quis aplicar no Brasil a velha teoria de que o melhor momento para comprar ações é quando há uma crise e todo mundo corre da bolsa está perdendo dinheiro há um bom tempo. Nos últimos três anos, a grande maioria dos investidores, nacionais e estrangeiros, reduziu drasticamente suas aplicações no mercado local de ações.
De 2013 a 2015, o Ibovespa caiu 30%. Hoje, a participação do Brasil nos principais índices que acompanham as bolsas de países emergentes é inferior à da África do Sul, que tem um mercado muito menor. Para a maioria dos analistas, a perda de relevância do Brasil significa o seguinte: quem queria sair do mercado local já saiu. O que existe hoje, em contrapartida, é um número crescente de gestores analisando se vale a pena voltar a comprar ações aqui, e eles têm dezenas de bilhões de reais que podem ser investidos na Bovespa.
Uma análise feita pelo banco JP Morgan mostra que os fundos brasileiros de ações, multimercados e de previdência investem hoje aproximadamente 9% do patrimônio na bolsa. A média do intervalo compreendido entre 2002 e 2015 foi de 14%. A situação é parecida com a dos fundos de pensão: atualmente, a aplicação em bolsa corresponde a 19% do patrimônio, enquanto a média histórica é de 30%.
Se esses gestores decidirem voltar à média, o fluxo de recursos para a Bovespa poderá atingir cerca de 200 bilhões de reais, o que corresponde a 10% do valor de mercado de todas as empresas brasileiras de capital aberto. Ou seja, o dinheiro poderia levar a uma nova onda de valorização das ações.
“Há ainda o pote de ouro, que são os fundos globais de ações, que têm cerca de 16 trilhões de dólares em ativos e investem pouco no Brasil. Qualquer movimento desses fundos poderia mexer com a bolsa”, diz Pedro Martins, estrategista-chefe de ações na América Latina do JP Morgan.
Mas por que esses gestores colocariam dinheiro na Bovespa agora? Para analistas como Martins e alguns gestores de fundos, as ações estão mais baratas do que parecem. O motivo, segundo eles, é o fato de as projeções para o lucro das empresas serem pessimistas demais. A previsão do mercado é de uma queda de 25%, em média, no segundo trimestre deste ano.
Os analistas do banco UBS usaram dados tributários para mostrar que a estimativa deve estar errada. De acordo com o banco, o pagamento de impostos pelas empresas aumentou 14% em abril e maio, o que indica que elas estão faturando mais do que no passado (a inflação no período foi de 1,4%). Ao medir a relação histórica entre os pagamentos de impostos e os resultados das empresas, o UBS concluiu que o lucro deve ter crescido em torno de 10% no segundo trimestre.
“Pela primeira vez em muito tempo enxergamos uma chance de melhora no lucro de muitas empresas, e isso se deve à valorização do real e também ao fato de a economia ter parado de piorar. Por isso, voltamos a comprar ações brasileiras”, afirma William Landers, gestor para a América Latina da BlackRock, maior gestora de fundos do mundo. Seu fundo investiu apro­ximadamente 500 milhões de reais na Bovespa no começo deste ano.
A bolsa também poderá ser beneficiada pela esperada queda dos juros — as estimativas mais recentes indicam que a taxa Selic, que está em 14,25% ao ano, pode começar a baixar em outubro e chegar a 11% no fim de 2017. Nem sempre juros menores são bons para as empresas e, portanto, para investimentos em ações.
Se as taxas caem na marra (como aconteceu em 2012), a consequência é o aumento da inflação, que prejudica a economia como um todo. Mas não é isso que se espera do atual comando do Banco Central. Por isso, a expectativa é otimista. Um levantamento feito pelo Bank of America Merrill Lynch, que analisou o comportamento da bolsa durante quatro ciclos de redução dos juros de 2003 a 2011, mostra que o Ibovespa subiu de 11% a 91% nesse período.
“Estamos otimistas em relação à bolsa brasileira para os próximos 12 meses”, afirma Felipe Hirai, estrategista de ações para a América Latina do Bank of America. “Aliás, os índices de confiança dos empresários já começaram a melhorar.”
A maioria dos investidores, porém, não parece convencida de que vale a pena apostar em peso na bolsa. A experiência dos últimos oito anos não ajuda. O Ibovespa atingiu seu recorde de pontuação em maio de 2008 — 73 516 pontos — e nunca mais voltou a esse patamar. De lá para cá, caiu 30%, enquanto o CDI rendeu 130%.
Se tivesse sido corrigido apenas pela inflação, o índice deveria estar nos 123 000 pontos hoje. Houve uma recuperação entre março e junho deste ano, e muitos fundos aproveitaram para comprar ações, o que fez o Ibovespa valorizar 20%. Depois disso, porém, decidiram esperar para ver o que acontece.
No Brasil, as principais dúvidas são quando a economia vai começar a se recuperar de fato e se o governo será capaz de aprovar medidas para conter o déficit público. Também há incertezas em relação ao desempenho de algumas das maiores economias do mundo — China, Estados Unidos e Europa, após a saída do Reino Unido da União Europeia.
“Estamos razoavelmente otimistas, mas um ambiente de baixo crescimento do PIB, que é o mais esperado para o Brasil nos próximos anos, não costuma ser bom para a bolsa”, afirma Marcello Siniscalchi, diretor de investimentos da gestora de recursos do banco Itaú.
O americano Robert Arnott, dono de uma empresa que desenvolve estratégias de investimento para algumas das principais gestoras do mundo, costuma dizer que, no mercado financeiro, “o que é confortável raramente é lucrativo”. Tradução: para ter ganhos, é necessário correr riscos.
O Brasil atual, claro, é uma exceção: aqui, nada tem sido mais confortável e lucrativo do que aplicar na renda fixa. A bolsa está em segundo plano. Mas isso pode começar a mudar. Comprar ações agora é um risco. Quem esperar a economia se recuperar para investir na bolsa deve conseguir escolher as empresas com mais clareza — mas, provavelmente, pagará mais caro por isso. (EXAME)

terça-feira, 19 de julho de 2016

Duas crianças morrem em colisão de trânsito na BR 232

SANHARÓ /BELO JARDIM: Um grave acidente aconteceu no final da tarde deste sábado (16), na BR 232 próximo ao sitio Divisão entre Sanharó e Belo Jardim, o condutor do veiculo Gol vermelho de placa MUL-2006, Josenildo José dos Santos, de 31 anos, que era feirante e voltava com a família da feira de Poção, cochilou e pegou um trecho de contramão e colidiu frontalmente com a carreta Volvo vermelha de placa KLC-7021, resultando na morte das filhas, Jamyle Lane da Silva Santos, de 8 anos, que foi arremessada para fora do veículo e morreu no local e Jennifer Larissa da Silva Santos, de apenas 3 anos, que chegou a ser socorrida pelo Samu com o pai, a mãe, Lucia Maria da Silva, mas não resistiu e também faleceu.
 
O pai das crianças está internado em estado grave no Hospital da Restauração no Recife, enquanto que a mãe que fraturou o nariz está internada no hospital de Belo Jardim. 

Os corpos das crianças foram trazidos para o IML de Caruaru. (FONTE: Blog do Adielson Galvão)

RÓTULO DO CORPO | 30 ANOS COM VOCÊ!



Há 30 anos a Rótulo do Corpo lhe acompanha nos melhores momentos. Desejamos que a nossa semana seja leve, iluminada, produtiva e muito feliz.


segunda-feira, 18 de julho de 2016

ESTUPRADOR QUE CAUSOU PÂNICO EM TODO O AGRESTE FOI MORTO A TIROS EM ZONA RURAL DE CARUARU

13775430_1732203713727415_3034360576865405766_n

Há dias que o agreste estava em alerta devido um elemento acusado de estupros que sem paradeiro rondava as cidades, após ter um vídeo divulgado através do aplicativo Whatsapp onde aparece segurando uma arma zombando de vítimas e até da polícia, a caçada em busca dele aumentou pois nas redes sociais as pessoas sempre informavam sobre ter visto ele em determinados locais.
Os principais veículos de comunicação do agreste já repercutem a morte de “Zé Batata”, nas redes sociais as primeiras reações dos internautas são de alívio .
Como tudo aconteceu após a conclusão policial de Caruaru. (Blog Marcelo Santa Cruz)

Pesquisa definirá candidato do "Grupo Calabar" em Taquaritinga do Norte


Através de uma reunião realizada oficialmente na casa do Deputado Diogo Morais (PSB), na tarde deste sábado (16), a "UNIÃO CALABAR", assunto tanto debatido em Taquaritinga do Norte e região ao longo destas Eleições de 2016, teve um ponto final. 


O candidato a prefeito e vice, do Grupo Calabar, será definido através de uma pesquisa interna, contratada pelo grupo, onde os nomes: Gena Lins e Ivanildo Mestre (Lero), serão os dois nomes a disputa-la. A pesquisa será divulgada a toda população nesta quinta-feira (21.07), com o nome oficial a disputar o pleito de 2016. 
Blog Comunitário