terça-feira, 17 de outubro de 2017

"Carlinhos da COHAB falta às sessões, não faz nada, fala muito e mente demais", dispara Caetano Motos

Imagem: Jairo Gomes
O empresário Caetano Motos participou do programa ‘A Hora do Povo’ deste sábado. Ele que ocupou o mandato de vereador por dois meses com a licença médica do vereador Irmão Val, falou sobre a experiência vivida como legislador e ainda fez duras críticas ao também vereador Carlinhos da COHAB.

A passagem pela Câmara -“Ganhei muita experiência com o período que passei como vereador. Observei e procurei aprender com os demais vereadores e busquei os melhores exemplos para exercer minhas funções, sempre em sintonia com minha bancada e com o prefeito Edson Vieira”, disse Caetano, que seguiu, “ando pelas ruas e o povo me parabeniza, pois apesar de ter ficado pouco tempo na Câmara, todos viram meu trabalho e meu esforço e isso me deixa empolgado e confiante que fiz o meu papel. Seguirei em frente, junto com o prefeito Edson Vieira, com os meus companheiros de partido e com o povo de Santa Cruz”.

O causador de prejuízos – “Da mesma forma que existem bons vereadores, existem aqueles que precisam mudar e melhorar. Vereadores que faltam muito reuniões, gerando uma grande perca para a nossa cidade, gerando prejuízo para a população. O vereador Carlinhos da COHAB, por exemplo, falta às sessões, não faz nada, fala muito e mente demais. O eleitor tem que observar direitinho e vê em quem vota, escolher direito os nomes que ele vai escolher para ocupar uma cadeira na nossa Câmara”, disse Caetano Motos.

Blog do César Mello

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Voto aberto ainda é dúvida na sessão sobre Aécio

Sem atividade parlamentar, passaporte e proibido de sair de casa à noite, desde 26 de setembro, por decisão da Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), o senador Aécio Neves (PSDB-MG) terá o futuro decidido amanhã (17) pelos colegas no Senado. Em uma sessão no plenário da Casa, o tucano pode retornar ao cargo caso a maioria dos senadores, 41, opte pela derrubada da decisão do Supremo.

Contra Aécio pesa a decisão liminar do juiz federal Márcio de Freitas, do Distrito Federal. Ele proibiu que a votação seja secreta. Caso a liminar seja derrubada, o presidente da Casa, Eunício Oliveira (PMDB-CE), vai decidir como encaminhará a votação, antes, porém, pretende discutir o assunto com os líderes dos partidos.
Para garantir a decisão da Justiça Federal de Brasília de fazer a votação aberta, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), favorável ao afastamento de Aécio, protocolou na manhã hoje mandado de segurança no STF. “A regra da Constituição é clara: o voto neste caso tem que ser aberto, claro e transparente”, defendeu.
O líder do PMDB, Raimundo Lira (PB), não declarou voto, mas afirmou ser pessoalmente favorável a votação aberta. O PMDB tem 23 dos 81 votos. Em uma rede social, a senadora Ana Amélia (PP-RS) adiantou como vai votar. “Espero que essa votação seja com voto aberto, de forma transparente! Votarei para manter a decisão do STF, pelo afastamento do senador”. Para o senador Roberto Requião (PMDB-PR), o Senado deve agora apoiar o afastamento, sob o risco de se desmoralizar. De acordo com ele, cabe à Casa legislativa mostrar que não é complacente com a corrupção.
Outro partido, o PT, que inicialmente chegou a criticar a decisão do STF de afastar Aécio do mandato, voltou atrás. Em reunião prevista para amanhã, antes da votação, a sigla deve fechar questão e votar pela manutenção das medidas contra o tucano.

Defesa de Dilma: processo de impeachment foi “nulo”

O advogado da ex-presidente Dilma Rousseff, o ex-ministro da Justiça José Eduardo Cardozo, disse, em nota, hoje, que o processo de impeachment "foi nulo" e que a saída da ex-presidente do mandato foi motivada por "decisões imorais e ilegais" do ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha.
O impeachment foi aprovado no Senado em agosto de 2016, depois de passar também pela Câmara, na época presidida por Cunha. Os parlamentares entenderam que Dilma cometeu crime de responsabilidade ao editar três decretos de créditos suplementares sem autorização do Legislativo e ao praticar as chamadas “pedaladas fiscais”, que consistiram no atraso de pagamentos ao Banco do Brasil por subsídios agrícolas referentes ao Plano Safra.
Na nota, o advogado da ex-presidente afirmou que a delação de Lúcio Funaro, apontado como operador financeiro do PMDB, demonstrou que Cunha comprou votos para deputados votarem a favor do impeachment.
Em depoimento ao Ministério Público, Funaro disse que em 2016, repassou R$ 1 milhão a Cunha para que o então presidente da Câmara pudesse "comprar" votos pela saída de Dilma.
Ainda de acordo com Eduardo Cardozo, a defesa da ex-presidente vai solicitar ao Supremo Tribunal Federal (STF) nesta terça-feira (17) que adicione o depoimento de Funaro em um mandado de segurança que pede a anulação do impeachment.
"Entendemos que na defesa da Constituição e do Estado Democrático de direito, o Poder Judiciário não poderá deixar de se pronunciar a respeito, determinando a anulação do impeachment de Dilma Rousseff, por notório desvio de poder e pela ausência de qualquer prova de que tenha praticado crimes de responsabilidade", afirmou o advogado da ex-presidente.
Procurada pela TV Globo, a defesa de Cunha afirmou que o ex-deputado negou com veemência o conteúdo da delação de Funaro. Segundo Cunha, o delator não apresentou qualquer prova contra ele.

quarta-feira, 11 de outubro de 2017

Cuidando das crianças - Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe lança programa Criança Feliz

Com o tema “Brincar com as crianças não é perder tempo, é ganha-lo”, a prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe lançou, na manhã desta terça-feira (10), no CEU (Centro de Artes e Esportes Unificados), o programa federal Criança Feliz, que tem à frente a Secretaria de Governo e Desenvolvimento Social e apoio das pastas de Educação e Saúde.

O programa tem objetivo de promover o desenvolvimento integral das crianças na primeira infância, tendo a família como contexto de vida, apoia gestantes e famílias na preparação para o nascimento e nos cuidados perinatais, colabora no exercício da parentalidade, fortalecendo os vínculos e o papel da família.

No ato de lançamento, o prefeito Edson Vieira falou do papel do programa Criança Feliz para famílias em situação de risco ou vulnerabilidade social do município. “Já fazemos um trabalho com algumas gestantes do município, com acompanhamento de pré-natal e distribuição de enxoval. O programa é importante, pois complementa essa ação, teremos saúde, educação e desenvolvimento social juntos. Dará mais segurança às famílias, pois teremos diversos profissionais juntos, proporcionando uma gravidez segura e acompanhamento do desenvolvimento das crianças nos três primeiros anos de vida”, disse o prefeito.

“Nada mais justo, na semana das crianças estamos lançando o Criança Feliz. Mesmo com dificuldades, com cortes federais, o município não pode parar, por isso, preocupados com as famílias, lançamos este programa. Isso é buscar desenvolvimento, cuidar da população”, frisou Alessandra Vieira, secretária de Governo e Desenvolvimento Social.

Andreza Soares, coordenadora do programa, contou como o mesmo poderá ajudar famílias de Santa Cruz do Capibaribe. “Este programa veio para agregar ao que as secretarias de Saúde e Educação já fazem. As famílias vão aprender a lidar melhor com seus filhos. O nosso intuito é potencializar o vínculo familiar”, destacou a coordenadora.

O programa prioriza crianças e famílias em situação e vulnerabilidade social, que estão inscritas no Bolsa Família. A equipe é composta por uma coordenadora, duas assistentes sociais, uma supervisora, quatro visitadores, um articulador de Saúde e outro de Educação. Terá visitas semanais nas residências dos beneficiados, onde serão trabalhados temas direcionados para as crianças e oficinas profissionalizantes para as famílias.

O lançamento do Criança Feliz contou com a presença de Hilário Paulo, prefeito de Brejo da Madre de Deus; secretários municipais; servidores das secretarias de Saúde, Educação e Desenvolvimento Social. Na abertura aconteceram apresentações culturais de crianças do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos e do Centro de Educação Infantil Prefeito Augustinho Rufino de Melo.

DIA DAS CRIANÇAS É NA RÓTULO DO CORPO

A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé

Dia das Crianças é amanhã: já garantiu o presente do seu pequeno?
Ainda não!? Corre que dá tempo.


Passe já em uma de nossas lojas:

📍Loja da Fábrica: Av. José Joventino da Silva, 39 | PE- 160- km 07 - Pão de Açúcar, Taquaritinga do Norte - PE | 81 3741 8079 | (07:30h ÁS 12:00h e 13:30h ÁS 17:45h).

📍Parque das Feiras de Toritama/PE :Boxes 11, 12, 21, 22 | 81 3741 4148 | (ABERTO das 20h DO DOMINGO ÁS 05:00h DA SEGUNDA-FEIRA).

📍Moda Center Santa Cruz/PE: Setor Laranja Rua P - Bloco 2 Loja 04, 05, 06 - Santa Cruz do Capibaribe - PE | 81 3759 1661 | (SEGUNDAS das 07:00h às 18:00h e TERÇAS das 07:00h ás 12:00h).

Confira mais em nosso SITE e Instagram: 

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

ASSALTANTE É MORTO QUANDO TENTAVA REALIZAR ROUBO EM SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE

 
O elemento morto durante a madrugada desta segunda-feira (09), ao tentar assaltar clientes do Mart Moda no bairro Malaquias Cardoso em Santa Cruz do Capibaribe, Agreste de Pernambuco, ainda não foi identificado pela Polícia Civil – responsável pelo levantamento cadavérico e pelas investigações.

 
Segundo as informações, o indivíduo tentou assaltar algumas pessoas que pretendiam adquirir peças de vestuários no centro atacadista, mas foi abatido por um homem ainda desconhecido pelas autoridades, com um tiro no pescoço.
Um comparsa do assaltante que dava apoio em uma motocicleta conseguiu fugir. O criminoso atingido pelo disparo morreu no local antes mesmo de receber qualquer tipo de socorro.

 
Ao lado do cadáver os policiais encontraram uma pistola cal. 45 com duas munições, usada possivelmente pelo assaltante que terá o corpo encaminhado para o IML da cidade de Caruaru.

 
No local do homicídio uma vítima de assalto reconheceu o relógio usado pelo criminoso que teria sido subtraído em uma ação criminosa na última sexta-feira (06) por dois elementos armados. 

Do: Blog Agreste Notícia

Temer diz que o STF não pode afastar parlamentares

Após o Senado e a Câmara, o presidente Michel Temer (PMDB) também enviou manifestação ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra a aplicação de medidas cautelares a parlamentares alternativas à prisão. As informações foram enviadas para a análise dos ministros, que na quarta-feira, 11, irão julgar ação que trata da aplicação de medidas como o afastamento, entre outras, a deputados e senadores; a ação definirá o encaminhamento que o Senado dará ao afastamento do senador Aécio Neves (PSDB-MG), determinado pela Primeira Turma do STF.

O texto encaminhado por Temer, elaborado pela Advocacia-Geral da União, diz que qualquer medida que não seja a prisão por flagrante de crime inafiançável fere a Constituição. Por esse entendimento, a Primeira Turma do STF não poderia afastar Aécio Neves do mandato de senador nem aplicar o recolhimento em período noturno. Um outro parecer com entendimento semelhante foi enviado na ação do PSDB que questiona o afastamento de Aécio.

"Não há como se considerar possível a aplicação aos parlamentares de qualquer medida que se configure como verdadeiro obstáculo ao exercício pleno de seu múnus público, aqui incluídas, além da prisão processual, as demais medidas cautelares insertas no art. 319 do CPP, a não ser que a situação se enquadre perfeitamente ao ditame constitucional, ou seja, se trate de hipótese de prisão em flagrante por crime inafiançável", diz a manifestação enviada pelo presidente da República ao STF na ação direta de inconstitucionalidade de autoria dos partidos PP, PSC e Solidariedade.  (Agência Estado)

Edson Vieira debate futuro do polo de Confecções de Pernambuco com prefeitos e empresários da região no Estilo Moda Pernambuco

O prefeito de Santa Cruz do Capibaribe Edson Vieira (PSDB), participou nesta quinta-feira (05), participando do Painel “O futuro do Polo de Confecções de Pernambuco”. O debate aconteceu na quarta noite do Estilo Moda Pernambuco com participação de Edson Tavares, prefeito de Toritama, Raquel Lira prefeita de Caruaru, Arnaldo Xavier (Rota do Mar), Alan Carneiro (Moda Center) e Bruno Bezerra (Governança Empreendedora).

Em sua explanação, Edson Vieira destacou características de Santa Cruz do Capibaribe, como índice populacional do município, desafios da gestão (média inflacionária, receitas e despesas), avanços (Prêmio Prefeito Empreendedor, Calçadão Miguel Arraes de Alencar, Central de Feiras e Mercados), perspectivas de futuro e projetos (Convênio com a UFPE, Sebrae, Senac, FECOMERCIO, Criação de Núcleo de Educação Financeira, Instalação Incubadora de empresas), entre outros.

“Para Santa Cruz do Capibaribe é muito importante promover o Estilo Moda Pernambuco, mostrando para todo o país, a nossa confecção. Neste encontro tivemos uma ótima oportunidade de expor um pouco do desenvolvimento do Polo de Confecções, divulgando para outras cidades a nossa potencialidade econômica.”, frisou o prefeito Edson Vieira.

O síndico do Moda Center, Alan Carneiro, falou sobre a finalidade do encontro entre prefeitos e empresários do Polo de Confecções. “O intuito foi fazer uma abrangência maior sobre o Polo de Confecções, porque poucas vezes sentamos para conversar, geralmente isso acontece em situações críticas. Dessa vez resolvemos provocar uma discussão mais ampla, falamos sobre o que a gente quer para o futuro, o que cada um pensa, trocamos experiências e captamos ideias”, contou.

O encontro teve vários momentos, abertura com debates entre empresários, posteriormente explanações de gestão pública com prefeitos e espaço para os participantes responderem perguntas entre si e da planteia. Na oportunidade os prefeitos assinaram um protocolo de intenções para criação do conselho de desenvolvimento do agreste.


O Estilo Moda Pernambuco continua, nesta sexta-feira (06) terá palestras sobre construção de marcas, o mundo digital e negócio e empreendedorismo e inovação. No sábado (07), encerramento com shows da Banda Multifaces, Agda Moura e Lucy Alves.

Denúncia contra Temer e ministros apresentada amanhã

G1
Apesar do feriado na quinta-feira (12), as atenções estarão voltadas para a Câmara no início desta semana. Está prevista para terça (10) a apresentação do parecer do deputado Bonifácio de Andrada (PSDB-MG) sobre a denúncia contra o presidente Michel Temer e os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria-Geral).
No Senado, os parlamentares estarão de olho no julgamento do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a possibilidade de a Câmara e o Senado reverem medidas cautelares impostas a parlamentares, como afastamento de mandato e recolhimento noturno.
Os trabalhos no Senado devem ter ritmo mais lento nesta semana, com a votação de projetos considerados menos polêmicos. Isso porque, na semana passada, foi encerrada a análise de propostas de reforma política que terão validade nas eleições de 2018. Além disso, o presidente da Casa, Eunício Oliveira (PMDB-CE), está em viagem oficial à Rússia.
Denúncia
Uma reunião da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara foi convocada para esta terça-feira (10), às 10h, para que seja lido o parecer de Andrada. Cabe ao relator recomendar a continuidade ou a rejeição das acusações.
Temer foi denunciado pelos crimes de obstrução de Justiça e organização criminosa. Moreira Franco e Eliseu Padilha estão na mesma denúncia, acusados por organização criminosa. Eventual abertura de processo contra essas autoridades no Supremo Tribunal Federal (STF) depende de autorização da Câmara.

quarta-feira, 27 de setembro de 2017

🚨 ATENÇÃO!!! 🚨

video

📅 Dia 02 de OUTUBRO (SEGUNDA-FEIRA) a RÓTULO DO CORPO fará um mega evento de lançamento da nova Coleção: VERÃO TROPICAL. 👕🌴☀

Onde, além de participar do DESFILE no EMP | MODA CENTER SANTA CRUZ, contaremos com a presença do MAIOR IMITADOR DO BRASIL: "FILIPE PONTES" em nossa loja.

Será um momento de comemoração e descontração!
Contamos com a presença de todos vocês, VEMMMMM!!! 😉

📍Moda Center Santa Cruz/PE: Setor Laranja Rua P - Bloco 2 Loja 04, 05, 06 - Santa Cruz do Capibaribe - PE.

ASSALTANTE É CAPTURADO APÓS INTENSA PERSEGUIÇÃO NA BR-104 EM PÃO DE AÇÚCAR

 
Um criminoso levou a pior na manhã desta terça-feira, 26 de setembro, em Pão de Açúcar, distrito de Taquaritinga do Norte, no Agreste do Estado de Pernambuco.

De acordo com informações, Sérgio de Oliveira da Silva, de 29 anos de idade, praticou um assalto em uma fábrica de confecções e feito pessoas reféns. Uma criança de três anos chegou a ter a arma de fogo apontada para a cabeça quando, segundo testemunhas, ela teria se assustado com a atitude violenta do criminoso durante o crime, chegando a agarrá-la pelo braço e ameaçado atirar nela e em todos.




Para fugir do local, o criminoso chegou a roubar a moto de uma das vítimas e também outros objetos de valor, seguindo rumo a BR-104. Ele acabou sendo perseguido por populares que estavam em um automóvel de passeio.

Em um dado momento da perseguição, o motorista do carro de passeio, que não foi identificado, teria, segundo testemunhas, atingido por trás a moto do criminoso, que acabou perdendo o controle e caindo em meio a uma plantação de milho ao lado da pista. A polícia ainda não confirmou ou desmentiu a versão apontada por testemunhas.

Policiais do 24º BPM – Batalhão da Polícia Militar – foram acionados e levaram o criminoso para o Hospital Geral em Taquaritinga do Norte, sendo transferido, posteriormente, para o Hospital Regional do Agreste, na cidade de Caruaru.

Com ele, foi apreendido um revólver calibre 38, com duas munições intactas, arma esta usada para cometer o crime. A quantidade e objetos roubados na ação criminosa não foram repassados para nossa redação.

Do: Blog Agreste Notícia

“Eu não me chamo Antonio Palocci”, diz Dirceu

O ex-ministro já admite que não terá muito tempo em liberdade, mas disse que jamais fará delação premiada nem acusará o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva
O Estado de S.Paulo - Vera Rosa

Condenado a 30 anos e 9 meses de prisão, José Dirceu já admite que não terá muito tempo em liberdade, mas disse que jamais fará delação premiada nem acusará o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “Eu não me chamo Antonio Palocci”, afirmou o ex-ministro da Casa Civil, em recente conversa com amigos.
Ao saber nesta terça-feira, 26, que o ex-ministro da Fazenda pediu desfiliação do PT em carta provocativa, na qual pergunta se o partido virou “uma seita guiada por uma pretensa divindade”, Dirceu não mostrou surpresa. Não é de hoje que ele vem dizendo que Palocci não resistiria ao cárcere e entregaria Lula para se salvar.
Desde que presidia o PT, Dirceu nunca confiou no homem escolhido pelo então presidente para comandar a economia. Lula, porém, sempre preferiu Palocci e, não fosse o escândalo da quebra do sigilo do caseiro Francenildo Costa, seria ele – e não Dilma Rousseff – o candidato do PT à Presidência, em 2010.
Dirceu está escrevendo sua biografia e promete contar bastidores do poder, mas já avisou que quem espera alguma revelação bombástica pode tirar o cavalinho da chuva. “Tenho fidelidade canina a Lula”, costuma dizer. No último dia 6, quando Palocci afirmou, em depoimento ao juiz Sérgio Moro, que Lula recebia propinas, Dirceu – visto como “guerreiro” no PT – enviou a amigos uma mensagem sem meias-palavras. “Só luta por uma causa quem tem valor. Os que brigam por interesse têm preço”, reagiu ele.

Janot reserva dias de folga para a metade de 2018

São dias relativos à licença-prêmio

Além dos 270 dias de licença-prêmio convertidos em dinheiro, o que significa embolsar de uma só vez nove meses de salário, Rodrigo Janot reservou 41 dias para usufruir. Já marcou com bastante antecedência. Será entre maio e junho de 2018.
Já o ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha, preso há quase um ano pela Lava Jato, tem poucos momentos de alegria. Um deles quando é lembrado de ter sido fundamental para o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff.

Senado aprova parecer que cria fundo eleitoral

Depois de intensas negociações, desde a semana passada, o senador Armando Monteiro (PTB-PE) teve seu parecer criando o Fundo Especial de Financiamento de Campanha aprovado na noite desta terça-feira (26), pelo plenário do Senado.

O fundo será formado pelos recursos da compensação fiscal dada às emissoras de televisão e rádio pela veiculação de propaganda partidária, que será extinta, e por 30% do valor das emendas das bancadas parlamentares na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).
O projeto segue à votação da Câmara dos Deputados e tem de ser sancionado até o próximo dia 6 para valer no pleito do próximo ano. Armando estima que os recursos do Fundo ficarão entre R$ 1,5 bilhão e R$ 1,7 bilhão, quando, nas eleições de 2014, nas quais era permitido o uso de recursos privados, os gastos declarados dos candidatos superaram R$ 6 bilhões, em valores atuais.
Armando assegurou que a destinação de 30% das emendas de bancadas não reduzirá as verbas dos parlamentares à saúde e educação. “A Emenda Constitucional do teto das despesas garantiu o piso de gastos para a saúde e educação. Assim, nenhuma lei poderia colocar em risco   os valores destinados às duas finalidades.
As emendas de bancadas voltadas à educação e saúde podem até reforçar os orçamentos das duas áreas, mas nunca os reduzir”, assinala o senador, em seu parecer.
“Se não destinássemos recursos para as eleições claramente identificados e sem ônus adicional aos contribuintes, como estabelece este projeto, estaríamos incentivando o uso de recursos obscuros e clandestinos”, enfatizou Armando Monteiro. Lembrou que o STF (Supremo Tribunal Federal) proibiu o uso de recursos privados nas eleições.
O parecer de Armando, elogiado, entre outros, pelos senadores Humberto Costa (PT-PE), Lindbergh Farias (PT-RJ) e Romero Jucá (PMDB-RR), determina que 30% das verbas do fundo serão distribuídos equitativamente entre todos os candidatos de um partido.
Determina, também, que 49% do Fundo será distribuído de acordo com a proporção das cadeiras obtidas na Câmara dos Deputados na última eleição; 34% entre os partidos da Câmara de acordo com a composição atual e 15% conforme a posição vigente no Senado.

sábado, 23 de setembro de 2017

EDSON VIEIRA INAUGURA PRAÇA JORNALISTA EMANOEL GLICÉRIO

Em um momento de muita emoção e homenagem à imprensa do município, o prefeito de Santa Cruz do Capibaribe Edson Vieira (PSDB), inaugurou na noite desta sexta-feira (22), a Praça Jornalista Emanoel Glicério. O evento contou a presença de autoridades, familiares e amigos do homenageado, população e jornalistas da cidade e região.

O novo espaço de lazer e convivência fica localizado na Rua José Pacas, Bairro Malaquias Cardoso, possui 100 metros quadrados em área de construção, construída com recursos do poder executivo municipal.

No ato de inauguração, o prefeito Edson Vieira, falou da postura ética e do carisma de Emanoel Glicério. “Emanoel Glicério, ou Mané do Blog, foi um dos primeiros jornalistas a escrever e comentar sobre política aqui em Santa Cruz do Capibaribe, era um pessoa simples, muito correto, admirado por muitos, gozava de boas amizades, por isso achamos justa essa homenagem. Que as famílias possam cuidar desse local que certamente será de boa convivência”, frisou o prefeito.

“É com muita alegria que estamos entregando a vigésima terceira praça à população. Uma justa homenagem que fazemos ao jornalista Emanoel Glicério  que honra todos comunicadores do município. Entregamos a população uma praça que certamente vai simbolizar a amizade”, destacou Gilson Julião, secretário de desenvolvimento urbano.

Laércio Glicério, irmão do homenageado, contou a alegria de sua família com homenagem. “Ao chegarmos nesta praça percebemos que ela tem a cara de Emanoel, um lugar simples, aconchegante que vai agradar muito aos amigos da imprensa, como também será um local de boas conversas. A nossa família não tem palavras para agradecer, está muito alegre, orgulhosa e agradecida com homenagem”, pontuou Glicério.

A praça foi uma realização da prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe com a Avant Comunicação, que colocou uma escultura de uma câmera fotográfica, uma das grandes paixões do homenageado, além da implantação da internet sem fio no espaço público.

Após as falas das autoridades, inauguração, leitura da biografia do homenageado e descerramento da placa, houve apresentação da cantora Alexiana Muniz e foi servido coquetel aos presentes.   

Biografia do homenageado:

Emanoel Glicério da Silva, Filho do comerciante Laércio Glicério e da dona de casa Maria de Lourdes Monteiro, nasceu em 27 de maio de 1979, faleceu aos 34 anos em 27 de fevereiro de 2014, foi vítima de falências múltiplas de órgãos. Estudou em algumas escolas da cidade, dentre elas, Padre Zuzinha e José Francelino. Cursou comunicação social na Universidade Estadual da Paraíba, foi referência em jornalismo on-line na região, desenvolveu a página digital, blog Diário da Sulanca. Trabalhou nas emissoras Rádio Vale AM, Santa Cruz FM, São Domingos FM, Comunidade FM, IGM FM e Polo FM. Também passou pelo jornalismo impresso, participou dos Jornais Página Livre e Correio Universitário, foi fundador da revista A Capital.

Assessoria de Comunicação

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Maior crise de credibilidade da Lava Jato

Prisão de delatores da JBS é a maior crise de credibilidade da Lava Jato
Leandro Colon – Folha de S.Paulo
O falastrão Joesley Batista passou a noite na cadeia. A primeira das pelo menos cinco previstas na prisão temporária decretada pelo ministro Edson Fachin (STF).
No áudio que o levou para atrás das grades, Joesley debocha das instituições e diz ao parceiro (agora de cela) Ricardo Saud que não serão presos. "No final, a realidade é essa. Nós não 'vai' ser preso. Nenhuma chance disso acontecer", disse o empresário. Aconteceu e a realidade é outra.
Criminoso confesso, o empresário das carnes, badalado pelo mercado nos últimos anos, se aproximou de um procurador da República e dublê de advogado para fechar um acordo de delação premiada com a própria Procuradoria-Geral da República.
Quis se livrar da cadeia em troca de entregar políticos, entre eles o presidente Michel Temer. Para tanto, apresentou à PGR a gravação de péssima qualidade, tosca e inconclusiva do encontro que tivera com o presidente no Palácio do Jaburu.
A prisão de Joesley Batista carrega um enredo tragicômico que expõe as fragilidades do instituto da delação premiada e joga a Lava Jato na sua maior crise de credibilidade até aqui.
Mesmo que Joesley e sua turma tenham enganado o procurador-geral, Rodrigo Janot, como o chefe da PGR argumenta ao pedir as prisões, o episódio decerto lança dúvidas sobre outras colaborações celebradas nos últimos três anos. Quem garante que não houve omissão de informações em delações da Odebrecht, de ex-diretores da Petrobras, e de demais políticos, empreiteiros e empresários?
Qual o grau de confiabilidade no que os delatores contaram? Revelaram 100% do que sabiam? Não fosse o áudio do "nós não 'vai' ser preso" —que, segundo a versão oficial, foi gravado acidentalmente—, Joesley estaria ainda por aí, tomando todas e tirando onda de suas traquinagens.
A delação da JBS virou um mico. A da Odebrecht emperrou. Ou a Lava Jato, que prestou serviço inestimável ao país, corrige essa rota ou o que temos agora é o início do seu velório.

Silêncio de Geddel estranha Planalto

Apesar de ressaltarem que Temer não expressa qualquer preocupação com o caso de Geddel Vieira Lima, integrantes do Planalto têm dito que é muito estranho o silêncio do ex-ministro sobre os R$ 51 milhões atribuídos a ele.
As polêmicas que circundam a colaboração da J&F devem ampliar a pressão sobre Fachin no Supremo. Aliados do presidente Michel Temer dizem que, se Rodrigo Janot errou ao acelerar a tramitação do acordo dos Batistas, o ministro do STF incorreu no mesmo pecado ao homologá-lo sem cautela.
Esses aliados apontam que a PF só encontrou os áudios apagados por Joesley porque a defesa de Temer solicitou perícia no grampo que afetou o presidente. O exame não havia sido pedido por Fachin. (Folha de S.Paulo – Painel)

Pesquisa: povo quer Forças Armadas na ruas

Pesquisas causa alerta nos QGs
Do blog Esplanada
Uma pesquisa do Instituto Paraná Pesquisas, a pedido da Gazeta do Povo (PR), mostrou que 29% (!!) das pessoas entrevistadas suspeitam que há corrupção nas Forças Armadas.
Mas 77% dizem que os militares deveriam ir paras ruas das cidades com poder de polícia.
Uma das principais perguntas da sondagem foi: “Nas Forças Armadas, (Aeronáutica, Exército e Marinha), há mais corrupção, menos corrupção ou a corrupção é igual a outros órgãos brasileiros?”
A maioria (64,7%) respondeu “Menos corrupção”, mas saltou aos olhos dos militares que tiveram acesso aos dados outro número, que os deixou surpresos:  Para 29,4%, “A corrupção é igual”. Para 2% há mais corrupção, e não sabem/não opinaram atingiu 3,9%.
Foram ouvidas 2.452 pessoas entre 4 e 6 de setembro em todo o País, na faixa etária de 16 a mais de 60 anos, com margem de erro de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos.