quarta-feira, 19 de julho de 2017

Gravação de Joesley congelou debate sobre previdência

Na Câmara
Da Folha de S. Paulo - Ana Estela de Sousa Pinto
A divulgação da conversa gravada pelo empresário Joesley Batista com o presidente Michel Temer, em 17 de maio, expulsou a reforma da Previdência do debate na Câmara dos Deputados.
Na terceira semana de maio, o tema havia sido mencionado 102 vezes no plenário da Casa —comissão especial havia votado versão negociada do texto no dia 9.
As menções caíram para 49 após a delação de Joesley. Em junho, despencaram para 20 vezes por semana; na semana que antecedeu o recesso de inverno, só 4 discursos falaram da proposta.
O levantamento —feito nos 22.746 discursos dos últimos 12 meses— mostra mudança da pauta política, diz o economista Pedro Nery, consultor legislativo do Senado.
Na terceira semana de março, a reforma foi citada uma vez para cada 4 discursos. A crise reduziu a razão a uma vez por 20 pronunciamentos.
Nery levantou as menções a "reforma da Previdência", sem especificar se eram positivas ou negativas. Entre os 33 parlamentares que falaram do tema ao menos 15 vezes nos últimos 12 meses, só 2 são da base governista. Entre os 10 primeiros, apenas 1 (veja lista abaixo).
COMO ESTÁ A REFORMA
A proposta de reforma da Previdência foi encaminhada ao Congresso em dezembro do ano passado, com a justificativa de que o sistema atual, já deficitário, será insustentável com o envelhecimento da população. O número de pessoas em idade de trabalhar para cada pessoa em idade de se aposentar, que hoje é de 8,5, deve cair para 2,5 até 2060, segundo previsões.
No sistema atual, trabalhadores privados se aposentam precocemente e parte dos servidores têm benefícios não limitados pelo teto do INSS.
O Brasil gastou R$ 819 bilhões com benefícios previdenciários em 2016, o equivalente a 13% do PIB (Produto Interno Bruto), ou seja, de tudo que o país produziu. As previsões do governo são de que o deficit alcançará R$ 184 bilhões neste ano.
O projeto original previa idade mínima de 65 anos e teto para todos os trabalhadores dos setores público e privado, entre outras medidas.
A comissão especial aprovou um texto com alterações, entre elas idade mínima menor para mulheres (para 62 anos) e professores (60 anos) e outra regra de transição.
Como modifica a Constituição, a reforma precisa ser aprovada em plenário em dois turnos, por ao menos 308 votos dos 513 deputados.
EFEITO DA CRISE
Antes da atual crise política, o governo esperava chegar a 320 votos. Agora, o Planalto já avalia a possibilidade de fatiar a proposta para garantir ao menos a aprovação da idade mínima.
Após a divulgação da fita, o relator da proposta, deputado Arthur Oliveira Maia (PPS-BA), chegou a dizer que a delação havia destruído o calendário de tramitação da proposta.
"Quem vai determinar a velocidade e o mérito da reforma é o próprio Congresso", diz o secretário da Previdência, Marcelo Caetano.
"Mas nossa perspectiva é que as articulações se intensifiquem na volta do recesso, em agosto, e que a proposta da comissão especial seja aprovada", afirma.
Segundo o secretário, se forem feitas novas concessões, o governo eleito em 2018 terá que necessariamente fazer novas mudanças no sistema.
OS DEPUTADOS QUE MAIS MENCIONARAM A REFORMA EM SEUS DISCURSOS
Em levantamento por e-mail feito pela Folha durante dois meses, 8 se disseram contra a reforma e os restantes não responderam; confira no microfone - Os deputados que mencionaram mais de 15 vezes a reforma da Previdência no Plentário da Câmara

PSB: Temer e Maia acusados de cooptar deputados

O presidente do PSB, Carlos Siqueira(foto), acusou nesta terça-feira o presidente Michel Temer e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), de tentar cooptar deputados da bancada socialista para seus partidos, PMDB e DEM, em vez de trabalhar em favor da recuperação do país.
"Um presidente da República, e um que parece pretender ser presidente, em vez de discutir os graves problemas do país, capta deputados agindo cada um como chefes de partido", disse Siqueira à Reuters. "Isso sim eu acho grave, o momento para quem tivesse espírito público não comporta esse tipo de ação."
Ele afirmou que o ingresso ou a saída do partido é uma decisão intransferível de cada um, mas defendeu que é preciso que os filiados "se ajustem" às posições históricas do partido --como no caso da reforma trabalhista, que a cúpula orientou voto contra. Siqueira frisou, porém, que nos últimos meses conseguiu filiar cinco deputados federais.
Desde que veio à tona à delação da JBS implicando Temer há dois meses, a direção do partido decidiu romper com o governo. Contudo, um grupo de deputados e senadores do PSDB, juntamente com o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, não seguiu a orientação partidária e continua a apoiar o governo.
Na votação da denúncia contra Temer na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, o partido rachou: dois deputados do partido votaram a favor da autorização do julgamento pelo Supremo Tribunal Federal (STF) da denúncia sobre o presidente e outros dois, contra.
Siqueira afirmou esperar que, na votação do plenário, mais de 20 deputados dos 36 da bancada vote a favor do julgamento pelo STF. Ele deixou em aberto a possibilidade de deputados que apoiarem o governo nessa votação serem punidos.
"Vamos aguardar os acontecimentos, não vou falar sobre hipóteses. Mas a partir daí o PSB vai tomar uma posição", destacou.

quinta-feira, 13 de julho de 2017

Edson Vieira vistoria pavimentações no bairro Rio Verde


Continuando as ações de pavimentação da cidade, o prefeito de Santa Cruz do Capibaribe Edson Vieira (PSDB), esteve no bairro Rio Verde, vistoriando obras de calçamentos de três ruas na localidade. Na ocasião, o gestor municipal foi acompanhado de Gilson Julião, secretário de desenvolvimento urbano.

Edson Vieira esteve na rua Raimundo Balbino Bezerra que teve a conclusão do calçamento recentemente, na via Alice Xavier de Moraes que está em processo de pavimentação (50% do trabalho) e rua Maria Fernandes de Moura, via que liga o Rio Verde a São Domingos e que está no início da obra.


O gestor falou do montante de calçamentos e investimentos realizados no município. “Já calçamos mais de 200 ruas em Santa Cruz do Capibaribe, essa é a continuação do processo de estruturação da nossa cidade que começamos em 2013. As ruas do Rio Verde que estão recebendo pavimentações são primordiais, porque vão melhorar o trânsito neste bairro e proporcionar qualidade de vida a população. Visitar obras iguais a estas me deixa feliz, pois são benfeitorias do poder executivo público, sendo revertidas para o povo”.

“É com muita alegria que estamos visitando importantes pavimentações como é o caso da rua Maria Fernandes, artéria que liga Santa Cruz do Capibaribe a São Domingos, através do bairro Rio Verde. Nesta visita também observamos algumas melhorias que precisamos fazer, como por exemplo, implantação de bueiros para escoação de águas da chuvas nas ruas que estão sendo pavimentadas”, frisou Gilson Julião, secretário de desenvolvimento urbano.

A dona de casa Inês Rosa, moradora da rua Alice Xavier de Moraes, relatou a benfeitoria da obra para população. “Eu morro aqui há muitos anos, pensava que o calçamento daqui nunca iria sair, saiu e nós moradores estamos muitos felizes com essa obra. Graças a este calçamento, lama e poeira não existem mais em nossa rua”, contou a dona de casa.

Os calçamentos não param em Santa Cruz do Capibaribe, além do bairro Rio Verde, localidades como o Nego Aragão, Dona Lica I e Bela Vista também estão recebendo pavimentações.

segunda-feira, 10 de julho de 2017

Maia diz que se sente injustiçado pelo Planalto

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia reclama de cobranças e diz a aliados que se sente "injustiçado" pelo Planalto
Folha de S. Paulo 
Por Painel
Laços desfeitos O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), manifestou profundo incômodo com a desconfiança de aliados de Michel Temer sobre suas atitudes. Maia confidenciou a pessoas próximas que se sente “injustiçado” e que o governo cobra uma posição pró-ativa num momento em que ele opta pela institucionalidade. Queixou-se especialmente do ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha. O democrata confidenciou que não saiu feliz da conversa que teve com Temer, neste domingo (9).
 

Último nó Ao desfiar seu novelo de críticas, Maia poupou Michel Temer. Aliados do presidente da Câmara afirmam que o único elo ainda preservado é a relação pessoal com o peemedebista.

TENTATIVA DE DUPLO HOMICÍDIO É REGISTRADA EM SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE

 
Uma tentativa de duplo homicídio foi registrada durante a noite de ontem (domingo) na Rua João Glicério no bairro Bela Vista em Santa Cruz do Capibaribe no Agreste de Pernambuco.

Segundo informações repassadas ao Blog, um elemento já identificado pela Polícia Civil, mas que não teve o nome divulgado, se aproximou das vítimas que estavam em um bar, efetuando vários disparos de arma de fogo.
 
Josinaldo Alves de Lima, de 35 anos de idade, foi atingido por um tiro na clavícula e José Ferreira do Nascimento, de 38 anos, sofreu um disparo na boca.

 As duas vítimas foram socorridas por populares para a UPA – Unidade de Pronto Atendimento – de Santa Cruz do Capibaribe aonde receberam atendimento médico e foram transferidas para o Hospital Regional do Agreste (HRA) de Caruaru.

Blog Agreste Noticia 

quinta-feira, 6 de julho de 2017

Acordo não blinda Joesley

TCU ignora parte de acordo que livra JBS de ressagir BNDES
Do Blog Diário do Poder

Em decisão unânime, o Tribunal de Contas da União (TCU) rechaçou a possibilidade de Joesley Batista se livrar – com base em uma cláusula do acordo de delação premiada fechado com a Procuradoria-Geral da República – de ressarcir os cofres públicos pelo prejuízo na maracutaia que viabilizou a compra do frigorífico americano Swift Foods & Co. pelo grupo JBS, mediante investimento milionário e irregular do BNDES. A informação é do colunista Cláudio Humbeto, do Diário do Poder.
Em 2007, durante o governo Lula, Joesley conseguiu que o BNDES pagasse R$0,50 a mais por cada uma das 139.470.610 ações da Swift.

O §3º da Cláusula 19 do acordo da PGR impede o uso contra Joesley de provas de sua própria delação até para ressarcir danos ao erário.
Joesley, Guido Mantega e o ex-presidente do BNDES Coutinho têm 15 dias para se defender e/ou devolver R$ 125 milhões (valor corrigido).

Maia diz que não foi picado pela mosca azul

E ensina como matar uma mosca
Folha de S. Paulo  - Mônica Bergamo

A oposição a Michel Temer passou a acreditar na possibilidade de o presidente ser afastado do cargo. "O quadro mudou. O Rodrigo Maia [presidente da Câmara dos Deputados que assume a Presidência caso Temer seja afastado] foi picado pela mosca azul", diz o deputado Paulo Teixeira, do PT. Parlamentares da base do governo também têm a mesma sensação. 
Maia, que comandará a votação que decidirá se a Câmara permite que a denúncia contra Temer siga no STF (Supremo Tribunal Federal), afirma que não foi picado: "Nunca", disse à coluna. 
Ele enviou também o link de um site que ensina: "Como Matar uma Mosca". A dica: "Espere até que a mosca fique parada. É muito mais fácil acertá-la quando não está se movendo. Seja sutil! É provável que a mosca esteja lhe observando ao mesmo tempo que você a observa". 
"Aproxime-se da mosca o suficiente para conseguir acertá-la, mas não tão perto que possa fazê-la voar". Depois de matá-la, "limpe a sujeira", pois os resíduos podem assustar "sua família, deixando uma mancha na parede. Utilize um produto de limpeza, especialmente se a mosca era muito grande".

ELEMENTO É PRESO APÓS ROUBAR MOTOCICLETA EM SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE


A Guarda Civil Municipal (GCM) conseguiu recuperar mais uma motocicleta roubada e prender um elemento na noite desta quarta-feira, 05 de julho, em Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste do Estado.


De acordo com informações, o efetivo realizava rondas na Rua Bela Vista no bairro Bela Vista quando avistou o imputado Gremili José da Silva abandonando uma moto Honda modelo Bros de cor vermelha, ano 2016, e placa PCP-2822.

Diante do exposto, a guarnição realizou abordagem e conseguiu recuperar o meliante que tinha acabado de roubar o veículo. Diante dos fatos, o envolvido foi encaminhado até a Delegacia de Polícia para serem tomadas as medidas cabíveis.

Blog Agreste Noticia

segunda-feira, 3 de julho de 2017

Aécio deve articular apoio a Temer

Folha de S. Paulo
Com o retorno de Aécio Neves (PSDB-MG) ao Senado por decisão do STF (Supremo Tribunal Federal), tucanos veem a ala que defende a permanência do partido no governo ganhar força. 

O presidente interino do partido, senador Tasso Jereissati (CE), além de deputados da ala mais jovem, vêm defendendo uma ruptura com o Palácio do Planalto. 
A volta de Aécio à atividade política pode modificar esse cenário, já que tucanos contam com a possibilidade de ele retomar as articulações pela manutenção do apoio do PSDB ao presidente Michel Temer. 
Alguns tucanos já defendem inclusive que Aécio reassuma a presidência do partido, da qual se licenciou em maio, quando foi afastado das funções públicas pelo Supremo. 
Tasso e seus aliados trabalhavam pela antecipação de uma convenção da sigla para torná-lo presidente em definitivo. Isso daria mais força para um maior distanciamento entre tucanos e o PMDB. 
Na última semana, Tasso se queixou a aliados da atitude do líder do PSDB no Senado, Paulo Bauer (SC), que apareceu ao lado de Temer em pronunciamento feito após ser denunciado pela PGR (Procuradoria-Geral da República). 
Aécio se reuniu com o ministro Antonio Imbassahy (Secretaria de Governo) e o deputado Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG) na tarde desta sexta-feira (30). Ele também conversou com outros tucanos por telefone.
Na próxima semana, a presença de Aécio é esperada, inclusive, no almoço da bancada do Senado, que acontece todas as terças-feiras. 

Ele estuda fazer um pronunciamento da tribuna. 
Entre os tucanos há um constrangimento sobre o comando do partido. Embora a bancada mineira e aliados de Aécio defendam seu retorno, um grupo teme que uma posição do senador em destaque possa contaminar o partido devido às acusações que pesam contra ele na Lava Jato e no caso JBS.

ACIDENTE DE TRÂNSITO É REGISTRADO EM SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE

 
Um acidente de trânsito foi registrado na noite deste domingo, 02 de julho, na via de acesso ao bairro Malhada do Meio em Santa Cruz do Capibaribe, Agreste de Pernambuco. A colisão envolveu dois carros, sendo um Fiat modelo Pálio de placas KFL-2726 e um veículo Volkswagen modelo Crossfox de plcas PGP-9480.


Segundo informações, o motorista do Pálio fugiu do local antes mesmo da chegada das autoridades. O condutor do segundo carro foi socorrido e conduzido para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Capital da Moda, com um ferimento na cabeça.

Testemunham relataram que o motorista que fugiu apresentava sinais de embriaguez. Nenhum documento foi encontrado dentro do automóvel.

Do: Blog Agreste Notícia

terça-feira, 27 de junho de 2017

NOITE GOSPEL NO SÃO JOÃO DA MODA ATRAI MILHARES DE PESSOAS NUM MOMENTO DE FÉ E ADORAÇÃO


O São João da Moda segue seu lema de “Uma festa para todos os gostos”, atraiu milhares de fieis na noite gospel num momento de louvor e adoração. Uma das grandes atrações dessa segunda-feira (26) foi o cantor Mattos Nascimento. Com uma carreira de 26 anos e pela quarta vez na cidade, ele se sente lisonjeado pela recepção dada pelo público.



Quero agradecer de coração a prefeitura e a Edson Vieira por me conceder espaço nesse evento. E também quero agradecer aos cidadãos que me receberam de braços abertos com uma avenida lotada”, disse Mattos Nascimento.
Não somente Mattos se apresentou e encantou os fiéis, a noite foi repleta de momentos de fé e louvor com diversos cantores locais como Sandro Chaves, Banda Agnus, Silvio Rogério e a participação da vencedora da segunda edição do The Voice Student, Ana Júlia.


Para o prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira, a noite foi uma grande conquista para o povo que viveu momentos de fé.
Agradeço pelo projeto de lei aprovado na Câmara de Vereadores que concebeu um dia gospel na programação da festa. Já existia a noite católica atraindo os fiéis com esse viés religioso, e fico feliz por ter mais uma noite religiosa que acolhe as famílias santa-cruzenses”, comentou Edson Vieira.
 

Sobre a inserção de uma noite gospel, o presbítero Paulo da Igreja Assembleia de Deus Ministério de Madureira comenta:
Eu acho muito importante que eventos como esse tem o poder de enriquecer a cultura religiosa da nossa cidade. A diversidade cultural não deve se resumir apenas a músicas, mas também a religiões para abranger e atingir um público mais diversificado”.
Nesta terça-feira (27) terá uma noite religiosa católica iniciando às 19 horas com o louvor da Banda Javé Yréh, seguido da celebração da Santa Missa e encerrando a noite com o show Doidin de Deus.

Assessoria de Comunicação